segunda-feira, 19 de julho de 2010

- Ter que dar conta!

publicdomainpictures

Você já se pegou nessa cobrança? De ter que dar conta das “tarefas” que aparecem na sua vida?

Pois é, estou aqui novamente falando de crenças... E essa que citei é muito forte: “Eu dou conta!”, “Tenho que dar conta”.

Deparei-me com essas palavras no consultório, com uma cliente que falava: “Me cobro muito. Não sei admitir que posso falhar”.

É acredito que não é só ela que reage assim neste nosso mundo! Você também pode se deparar com diversas situações em que não se perceba na cobrança excessiva ou tendo que dar conta de tudo!

Principalmente as mulheres vivem muito assim em sua vida. Não é mesmo mulherada?

Bom, mas focando essencialmente no tema; algumas pessoas crescem com tantas exigências de ter que: “ Ser a boazinha(o)” “ Ser diferente do pai” “ Ser alguém na vida” ou até mesmo àquelas que sofrem a famosa violência psicológica de: “ Você não vai ser nada na vida menino(a)!”

É! São afirmações que vamos ouvindo e se transformam num mantra negativo aos nossos ouvidos... E que facilmente vamos reagir a eles.
E sabe então em que na grande maioria das vezes nos transformamos? Em adultos altamente trabalhadores, que se esquece da família e de ser feliz, só pensando em produzir, produzir e produzir... Em ter que dar conta, ou porque um dia alguém te cobrou ou porque disseram que você não podia ou...ou.

Podemos mais uma vez transformar essas crenças, ou reformulá-las.
Como disse anteriormente (Artigo -Insegurança )

Precisamos identificar o que trazemos lá de trás, da nossa infância ou adolescência, pois na grande maioria das vezes a causa vem daí, e através desta identificação podemos elaborar a frase lembrete e repetirmos a sequência batendo nos pontos da EFT. (Artigo-Relembrando os pontos da EFT  )
Bom, se você no momento não consegue associar a nada (não se desespere!) você pode começar dizendo o que realmente acontece com você, ou como você reage, exemplo:
Embora eu acredite que tenha que dar conta de tudo na minha vida, eu me aceito profunda e completamente.

Entendeu? Comece desta forma, vamos lá! Dê o primeiro passo, quem sabe a partir daí algumas transformações já aconteçam na sua vida.

Este é mais um exemplo de como podemos começar a nos libertar de alguns entraves emocionais que nos engessam na nossa caminhada.

Lembrem-se! Estou dando direcionamentos gerais, cada um tem sua história e é a partir dela que devemos elaborar nossas frases ou realizar os tratamentos necessários como outras técnicas dentro do espaço terapêutico.

Enorme abraço! Até a próxima!
Adriana Pimentel

terça-feira, 13 de julho de 2010

- Selo homenagem!

 Olá a todas e a todos!!!
faz um tempinho que me sinto em divida com alguns blogs... pelas minhas ausências, mas a vida realmente tá atribulada com muita mudança... elas estão sendo nuito boas para mim, mas como toda mudança, precisa de acomodação, contudo ainda consigo manter contato com algumas pessoas... e agradeço a elas, pois só assim me deixam manter acesa a chama deste mundo bloguístico que tanto adoro!

Bom ecurtando o papo.... o motivo do post são estas maravilhosas homenagem que recebemos das(dos) nossas (nossos) amigas (os) da blogosfera! e a mais recente foi da Paulinha do blog Menina, mãe e mulher um blog que fala de naturalidade e essência.
Obrigada querida pelo carinho!

as regras são as seguintes:

1- Colocar a imagem do selo no seu blog.

2- Indicar o link do blog que nos indicou.

3- Indicar 05 blogs ou mais, para receber o selo.

1-  Nós e a poesia de amor 2-Entremeios
3- Ecos da Alma
4- Jefhcardoso
5- Infinito particular

4- Comentar nos Blogs dos indicados sobre este selo


Enorme abraço a todos!

sábado, 10 de julho de 2010

- Insegurança!


Olá a todas e a todos!!!

Mais uma vez trago a vocês um assunto o qual me deparo muito no consultório.
As pessoas chegam se referindo a enorme insegurança que sentem em relação a determinadas questões de seu cotidiano.

Contudo digo a vocês que sentir algum tipo de insegurança em um determinado momento da sua vida, devido a algumas situações novas é completamente normal, afinal de contas somos seres HUMANOS e o sentimento faz parte da nossa existência.
Porém, quando algum sentimento se torna impeditivo para nós, no sentido de nos travarmos para as ações ai devemos levantar o sinal de alerta!

No caso da insegurança precisa-se investigar de onde ela surgiu, ou seja, estou querendo dizer que trazemos conosco muitas crenças... Isso mesmo crescemos com uma infinidade de crenças de diversas pessoas: pai, mãe, tios, professores ou figuras adultas que circundam a nossa infância e adolescência.

Então na verdade o reconhecimento dessas crenças pode proporcionar a redescoberta de novas formas de agir e de encarar o mundo!


Essa não é a primeira vez que falo a respeito das “nossas crenças”, e digo que continuarei falando delas, afinal somos feitos de histórias, da nossa história, e da forma como começamos a encarar o mundo a nossa frente.

A indicação então como falei antes, é o reconhecimento de algumas dessas crenças. Bom, algumas pessoas conseguem fazer isso facilmente, outras irão precisar da ajuda de um profissional habilitado, como um psicoterapeuta, por exemplo; para identificar os entraves que trouxeram consigo durante seu desenvolvimento.

A partir daí várias técnicas podem ser utilizadas para a reconstrução da história de cada um.

A EFT é uma das técnicas que utilizo no consultório com essa finalidade.
Cada um tem uma história e a crença especificamente adquirida, no caso para a utilização da EFT você pode fazer uma lista dessas crenças e começar a trabalhar em cima delas da seguinte forma:

Repetindo a frase de preparação:

Embora EU tenha .................(“tal crença”)............................, eu me aceito profunda e completamente.

Ex.: Embora eu tenha a crença de que não sou inteligente o suficiente para conversar com os outros, eu me aceito profunda e completamente.
* Leia o artigo O que é EFT?

Neste caso a cliente se achava sempre inibida em estabelecer contatos com outras pessoas, deixando-a sempre insegura e inferior aos outros; claro que investigamos a sua história e dentre outras crenças essa era uma delas. Algumas outras foram trabalhadas e hoje ela consegue se sentir mais segura e desenvolta nas suas relações.

Esse é só um exemplo de como podemos trabalhas as nossas inseguranças...
Espero que tenham aproveitado... Qualquer dúvida fiquem à vontade para conversarmos e trocarmos muitas idéias.

Trarei alguns outros exemplos...
Enorme abraço!

sexta-feira, 9 de julho de 2010

- Relembrando os Pontos da EFT

Olá a todas e a todos!!!

Vim só relembrar a vocês a sequência de pontos que devemos bater repetindo a frase lembrete para a realização da EFT (O que é EFT) é uma ilustração bem simples que ajudará a vocês na a realização da técnica.
Em outros posts falerei sobre assuntos os quais poderemos sempre utilizar esta técnica.


Enorme Abraço!!!

terça-feira, 6 de julho de 2010

- Momento Pensante!

Olá a todas e a todos!
Como comecei me descobrindo no momento poético, descubro-me também agora no desabrochar dos pensamentos...
Podem não ser originais, ou altamente rebuscados como os mais nobres poetas, mas assim como os poemas, os pensamentos marcam uma fase, um aprendizado, ou até mesmo um momento onde ajudamos alguém... Então estarei, expressando aqui tudo isso...

Obrigada sempre por vocês estarem aqui!


“Força!
Vontade!
Perseverança!
Crença em você mesma (o)!
A realização é algo que conseguimos através do que descobrimos que temos em nossa alma e a forma como a mostramos para o mundo”

Adriana Pimentel (17/06/10)

sexta-feira, 2 de julho de 2010

- Momento Poético!


Sonhos, realidades e realizações!

Na vida sempre sonhei!
Acreditava em príncipes e princesas.
Um dia meu sonho terminou, defrontei-me com a verdade da vida!
As pessoas, os amores, as ilusões!
Descobri os sapos, as mentiras e mentirosas pessoas.
O tempo passou e pude reconstruir meu “castelo”.
Não mais com a ilusão de uma princesa, mas a realidade de uma mulher!
Descobri o amor real, o momento real; momentos esses sem “castelos de areia”.
A realidade da vida hoje me faz sonhar! Acreditando, permitindo-me a ressurgir nos meus desejos, pois sei que se é permitido sonhar.
Sonhar na perspectiva do que posso, do que sei, do que quero e principalmente do que mereço e do que me faço merecer.
O Sonho hoje se tornou realidade, uma realidade perfeita dentro das suas imperfeições... Porque a vida é assim: Sonhos, realidades e realizações.

Adriana Pimentel (28/05/2010) Poema também publicado no recanto das letras
Related Posts with Thumbnails

Vídeos

Loading...