terça-feira, 26 de janeiro de 2010

- Ele te ama e depois te “maltrata”!? Ele pode ser um misógino!

Misógino? Misoginia? O que é isso?

Bom, tenho encontrado algumas clientes no consultório que estão entrando em contato com essa realidade. Elas começam a falar de seus namorados, maridos, companheiros, dizendo que não entendem a forma como eles agem com elas.

Misógino é uma palavra grega utilizada como referência a quem odeia mulheres: miso (odiar) e gyne (mulher).
Isso mesmo, não se espantem a palavra é: odiar.

Vejam bem: no início, esses homens são completamente galanteadores, amorosos... Mas que ao longo da relação eles começam a usar de uma tortura psicológica incrível, fazendo com que sua companheira se sinta culpada, incapaz, inadequada... Tudo isso através de insultos, momentos de raiva e de críticas constantes; revertendo assim o foco da situação deixando a mulher confusa e oprimida, pois elas demoram a acreditar que aquele homem “maravilhoso” agiu daquela forma.

Os insultos são tão constantes que é como se fosse uma lavagem cerebral. Fico impressionada como as minhas clientes reagem a isso e como demonstram tal opressão, é como se eu enxergasse uma criançinha, daquelas completamente tolhidas na minha frente, sem realmente terem condições de fazer nada, mais justamente por serem crianças.

Quando essas mulheres começam a descobrir, ou melhor, a aceitar que estão do lado de um misógino começa-se o trabalho de resgate dessas mulheres. Como assim de resgate?
É a elevação da auto-estima e da percepção do homem que está ao lado delas, entendendo que esse comportamento deles, é plenamente inconsciente.
 

Todos os artigos que falam sobre misoginia, citam o livro: “Homens que odeiam suas mulheres e mulheres que os amam”, de Susan Forward e Joan Torres, da editora Rocco. Neste livro ela aborda sobre o misógino e como as mulheres podem reagir ou escolher fazer em relação a eles.
Rita Granato em um de seus artigos cita explicitamente as formas que um misógino têm de OPRIMIR sua parceira:

• Através da negativa: ele nega o corrido, levando a parceira a questionar sua acuidade, e a validade de sua memória. Assim não há jeito de se resolver os problemas com alguém que nega sua existência e insiste que nunca ter existido o que a mulher sabe ter ocorrido

• Através da alteração dos fatos, o misógino reformula o fato para se ajustar a sua versão, faz alterações drásticas e amplas nos fatos, a fim de chancelar sua versão da historia.
• Alega que está se comportando mal, como reação a algum desvio de sua parceira, é como se seu comportamento afrontoso passa a ser uma reação compreensível a alguma terrível deficiência ou provocação da parceira. Transferindo a culpa ele se protege: absolve-se do desconforto de reconhecer sua participação no problema e convence a parceira que suas deficiências de caráter soam o verdadeiro motivo das dificuldades na vida em comum.

• A parceira não pode protestar, e se a parceira o faz, ele fica mais furioso. Ele encara a reação como um ataque pessoal e como prova das inadequações da parceira. Ele transforma a parceira em culpada e ele a própria vitima. Isto acontece, pois ele está mais preocupado em desviar a culpa de si mesmo do que em reconhecer a angústia que causa à parceira.

• Se o misógino se sente ameaçado de perder alguma coisa que lhe é importante, e sentindo-se humilhado, é bastante provável que a balança se incline para a brutalidade. Para ele através do medo poderá controlar melhor sua parceira.

• Se a parceira tiver alguma atividade significativa que o misógino encare como ameaça, ele fará testes de sua devoção, fazendo com que a parceira reduza drasticamente seu mundo. Esse tipo de ciúmes e de possessividade se estende a todos os aspectos de vida. Qualquer coisa que a parceira faça que esteja fora do controle do misógino, ou seja, encarada como uma ameaça a ele deverá ser abolida.

• Entre todas as coisas ineficazes que uma mulher pode fazer, tanto consciente como inconscientemente, para tornar o relacionamento menos doloroso, a CONIVÊNCIA é ao mesmo tempo a mais sutil e mais destrutiva para ela. No momento que ela entra em conluio com ele, a mulher perde de vista o que acontece de fato entre os dois. Sua distorção da realidade para se ajustar à visão do parceiro indica que suas percepções estão completamente fora de foco.

Ainda baseado no livro de Susan Forward e Joan Torres , Sônia Nemi discorre que:
“Ao primeiro contato com um misógino, em geral, ele é considerado um gentleman. Ele é o homem que conquista a mulher de uma forma deliciosamente amorosa e sedutora e passa a ser por ela descrito através de uma farta lista de superlativos. Ele é tão intensamente maravilhoso que fica impossível para a mulher atribuir a ele qualquer responsabilidade dos problemas da relação quando estes começam a acontecer.

O contrato relacional velado se define no início do relacionamento quando o homem vai, aos poucos, verificando até onde pode ir com o seu estilo controlador e manipulador. À medida que a mulher evita confrontá-lo tentando ser boa para preservar a relação, ela está estabelecendo um tópico contratual que configura o contexto para a atuação do misógino, ao tempo em que ela vai enfraquecendo. Como diz Susan Foward: “ela contrata amor e ele controle”.


Esse controle se evidencia nas armas abusivas em que as palavras se tornam, através das quais as críticas e ataques são feitos, até alcançar o controle da sexualidade e o controle financeiro. Mesmo que a mulher tente agradá-lo, tudo que ela faz está errado e ele a convence de que ela é culpada. 


Quando as explosões repentinas do homem começam a acontecer, mais elas são sentidas como ameaças veladas pela mulher que fica perplexa e cada vez confusa com o que dá errado. Ela passa a “pisar em ovos”, medindo as palavras, para falar com ele. A forma sutil como ele a desqualifica impede que ela possa perceber que é isso que mina a sua auto estima. Ela se torna irreconhecível, principalmente se antes era uma mulher independente financeira e emocionalmente, uma vez que definha. 


Os argumentos utilizados pelo homem parecem tão lógicos e tão cheios de interesse pelo bem da relação que, a mulher vai, cada vez mais afundando no seu pântano emocional. Tudo que ele quer é que ela demonstre seu amor por ele, sendo compreensiva e conhecendo-o tão bem que seja capaz de atender suas necessidades, sem nunca se aborrecer com ele. Com o tempo, a relação parece uma gangorra onde de um lado ele estoura e do outro se arrepende, pede desculpas e se torna o homem maravilhoso do início do relacionamento.


Apesar da descrição devastadora do misógino, ele não tem consciência do seu funcionamento e sequer se dá conta da dor do outro. A construção de tal dinâmica pessoal pode ser entendida a partir da sua história, na família de origem, quando vivenciou sofrimento psicológico o qual não poderia evitar.
O misógino é filho de uma relação conturbada onde aprendeu, observando seus pais, que a única maneira de controlar a mulher é oprimindo-a. Ao lado disso, ele pode ter sentido que a sua mãe não poderia existir sem ele, já que seu pai a maltratava; ou ainda, ele pode ter tido uma mãe que o oprimiu ou rejeitou, ao lado de um pai passivo.


Qualquer que tenha sido a sua história, o misógino está na fase adulta “atuando” a sua dor de “criança” ferida, buscando desesperadamente ser amado ainda que de uma forma equivocada. 


No caso da mulher que escolhe formar uma relação com um misógino é possível que ela tenha sido infantilizada pela sua família de origem e busque no seu parceiro o apoio, suporte e amor que não recebeu do seu pai, ou talvez ela teve uma mãe que desqualificava o pai; ela pode também ter vindo de uma família tão caótica que desde cedo ela aprendeu que toda relação é problemática e que ela como mulher não tem chance.


Ainda que o misógino seja visto como algoz e a mulher como vitima, esta também contribui para que tal padrão relacional se implemente e perdure. A mulher instiga o misógino a atuar na medida que ela não estabelece limites claros, diferenciando-se dele e ocupando seu próprio espaço na vida e na relação.
O homem e a mulher nessa relação estão interagindo dentro de seus próprios papéis; da mesma forma que um círculo não tem começo nem fim, a relação se desenvolve sem que se possa indicar um culpado. Um “precisa” do outro para continuar com o padrão, mas para sair dele um dos dois precisa funcionar de uma forma nova. 


- Uma mulher que sofre numa relação como essa pode

 (1) manter-se submissa para preservar seu homem, (2) separar-se, ou (3) construir uma nova relação com o mesmo homem. 

Aquelas que escolhem a terceira opção terão que resgatar sua auto estima, assumir o seu lugar no mundo e na relação, estabelecer limites claros e ser firme ao se posicionar diante do seu parceiro. Ela provavelmente precisará de suporte terapêutico até que se tenha fortalecido. É possível que, à medida que ela conquiste seu objetivo, o seu misógino desista do lugar de algoz para ficar ao seu lado ou desista da relação. Se ela sente que o ama, precisará amar a si mesma também para ter coragem de correr o risco de “perdê-lo”.
 

De qualquer forma dificilmente um misógino busca terapia e, se assim o faz, tão logo se fortalece interrompe o seu processo. Parece que o sofrimento do seu mundo interno é tamanho que ele não suporta ter que contactá-lo através da análise da sua dinâmica e efeito do seu comportamento no outro; para tanto ele teria que admitir que é co-construtor das dificuldades da sua relação e que é, na verdade, um homem sedento de amor. Ele teria que admitir que é o único responsável pelo seu auto preenchimento.

Se você, ao terminar de ler esse material, acredita que pode estar se relacionando com um misógino; se suas dúvidas se confirmarem. Busque ajuda terapêutica, pois, sozinha fica pesado demais para você dar conta de tudo que precisará fazer para cuidar de si mesma”.

Bom acredito que aqui tem explicação suficiente para vocês entenderem um pouco mais do universo masculino quando esta característica se apresenta. Qualquer coisa estou por aqui.
Ah! Um detalhe as minhas clientes que descobriram esse homem... Umas continuaram a relação, escolhendo a terceira opção do livro e outras se separaram e descobriram novas relações. O que a gente percebe de tudo isso é que não existem regras únicas, mas sim o conhecimento que ajuda em muito nas nossas decisões.
 

Um enorme abraço a todos: Adriana Pimentel


Fonte: “Homens que odeiam suas mulheres e mulheres que os amam”, de Susan Forward e Joan Torres, da editora Rocco; Rita Maria B. Granato; Sônia Nemi

416 comentários:

«Mais antigas   ‹Antigas   201 – 400 de 416   Recentes›   Mais recentes»
Anônimo disse...

Olá! Meu nome é Marcia , sou casada e meu marido me trata da mesma forma só que eu não sabia que isso existia , meu marido me ofende , me culpa das coisa que não da certo pra ele já me agrediu, já me deixou doente dentro de casa sem nenha assistencia .Mora longe da minha familia , só tenho ele , nem amigos tenho onde eu moro, já não sei mas o que fazer, me sinto incapaz , me sinto uma covarde fracassada ...

Anônimo disse...

ESTOU PASSANDO PORISSO...

Anônimo disse...

Ola me chamo Aline Moraes eu já sofri muito tanto com marido e sogra ela se chama dona Maria de Lourdes ramos e o filho luiz roberto eles me fizeram muito mal engravidei dele e do nada começamos a brigar nessa hora passei muito mal eu fui agredida perdi meu filho quase morri eu fui parar na UTI meu filho morreu dentro de mim comecei a ter depressão e hoje fico ainda chateada com isso enquanto eu tava morrendo ele desfilava por ai como se não tivesse acontecido nada eu Denunciei ele e cologuei um processo contra os danos Moraes que sofrer ele mora em guarulhos jardim bananal e ainda apesar de ter passado dois anos ele de qualquer maneira vai pagar hoje estou melhor mas o carinho q eu tanto sentia por ele sumiu ele pensa q vou ficar que ta mas só to começando eu quero justiça não esqueci os tapas,as malícias,os abusos ele tem q paga pelo oq fez .

keyla matias disse...

Parabéns pelo artigo, ele tem um potencial libertador. Hoje resisti a quem me separei recente com a ajuda deste texto! Mas me ajuda um pouco mais... estou grávida dele, o deixei, o amo, mas tenho medo de que só piore. Também estou aflita porque no texto não fala o grau em que um misógino é perigoso à integridade física da mulher e ela deve se afastar.. esses casos em que o homem mata a mulher, ou o filho do casal, e até se mata, pode ser relacionamentos com misóginos que chegaram ao extremo? Há sinais em que a mulher pode perceber que no caso dela não há jeito de viver com esse homem sem correr o risco de virar uma tragédia? Há graus em que é possível a 3a. via de que fala o livro, de tentar viver com o misógino e graus em que via nem é possível? Não sei se entendi mal, mas pelo texto parece que a relação com o misógino importa em sofrimento moral, talvez até um pouco físico, mas não passa disso. Meu ex e a nossa relação se encaixou perfeitamente no descrito! Porém, não sei se eu estou errada, exagerando, ele ficava violento nas últimas brigas me xingava de tudo quanto é nome, gritava, xingava meus pais, chegou a me jogar na cama com força, contra a parede grávida, me dar 2 barrigadas não tão fortes ameaçando prensar duma vez minha barriga na parede.. fiquei com medo depois disso das discussões evoluírem pra algo trágico larguei e o denunciei, lei maria da penha e etc. Quando tive em juízo que manter o posicionamento recuei com dó de processá-lo. Me sinto muito culpada e ás vezes pensando que não precisava ter ido para um processo, mas vou ter um filho dele, e tenho medo desses surtos na presença do meu filho, envolvendo meu filho já que nao pretendo voltar sem ver que ele reconhece esse processo e queria mudar com ajuda profissional. O misógino é o agressor da Maria da Penha? Por que a mulher tem tanta dificuldade em denunciar e manter o processo? Será que essa atitude da mulher em denunciar e bancar o processo piora essa dinâmica da mulher fraca que não consegue por limites? Se a mulher ama esse homem mesmo assim, e se usa da lei e do processo para por freio ao homem, a 3a. via de que fala o livro, de tentar viver com esse homem, fica inviabilizada porque o homem nuca vai entender que mereceu ser processado e vai se achar vítima da mulher e se tiver oportunidade numa aproximação futura se vingar da mulher ? Ai, estou péssima, não durmo, faltam dois meses e meio pro meu nenem nascer e não sei o que fazer...
Obrigada!!!!! Keyla

Anônimo disse...

Passei exatamente por um relacionamento assim,namorei 2 anos uma pessoa extremamente possessiva que me acusava de coisa q eu nunca fiz. Qualquer palavra que eu falasse e que ele não aceitasse, era motivo para as agressões verbais e até algumas vezes agressões físicas.. da ultima vez q terminamos porque eu encontrei fotos de mulheres no celular dele, ele me agrediu fisicamente, e no outro dia saiu me difamando para todo mundo.. sofro muito ainda porque amo, ele me pediu perdão, dizendo que me ama, porem não voltei. Preciso sair dessa relação que só me destrói, mas ta dificil.

keyla matias disse...

Eu li o texto que esclareceu exatamente o que vivi no meu relacionamento de 9 meses. Agradeço a Adriana pelo blog porque está me ajudando mto. Ler os depoimentos das outras pessoas também me ajudou, pois ao me identificar com as mesmas situaçoes pude perceber que nao era a culpada de tanto desgaste, pelo menos nao era a responsavel pela agressividade e destrutividade dele, era algo dele mesmo.Sou responsavel por ficar na relacao, nao conseguir sair, nao ter o discernimento de que aquilo so pioraria, mas tive e saí, bastante machucada, prejudicada no meu trabalho e com a minha familia de tanto desgaste que ele provocou na minha vida. Resolvi deixar meu depoimento como forma de ajudar outras pessoas como me senti ajudada ao ler os das demais.

keyla matias disse...

Ele era no início maravilhoso, o homem que sempre sonhei. Tinha um ciúmes e posse estranhos mas ainda não tinha mostrado as garras. Eu me apaixonei por ele logo de cara. Foi muito intenso, fizemos até um filho. Amei muito e o amo ainda, mas principalmente quando fomos morar juntos, ele se sentindo mais seguro, se revelou de verdade. Surtava com pequenas coisas. Muita agressividade. Ciúmes doentio, chegava a paranóias delirantes, sempre achando que eu estava o traindo. Ligava no meu celular durante o período q eu tava trabalhando, se eu não atendesse na hora, me acusava de não estar no trabalho ou estar transando com o chefe no meio do expediente!!! Tinha que ficar com o cel a tira colo na empresa, indo em reuniões, resolvendo problemas nos departamentos, de medo dele ligar e eu não atender na hora e depois ser acusada das maiores baixarias. Queria controlar todos os meus passos, o dia todo. Eu vivia sobressaltada. se algum número desconhecido me ligasse eu já ficava nervosa porque ele fiscalizava meu celular, vendo cabelo em ovo, qualquer número desconhecido ele afalava que era de homem, de alg que estava saindo, as vezes ligando de volta e se do outro lado atendesse uma voz masculina, pronto, ele me pegou na traição. Eu tinha que ligar nos números, descobrir quem era, (banco, mecânico, consultório médico) e provar que não era nada de mais, e ele? ao invés de ficar envergonhado e me pedir desculpas, ainda ficava de nariz em pé, com jeito de que ainda não te peguei no flagra.

keyla matias disse...

Eu ligava para ele na hora do almoço, as vezes só para dar um com saudades, ele, que as vezes trabalhava em outra cidade próxima, surtava, falava que eu tava com alguem no carro ao meu lado, ligando pra ele só pra sondar onde ele estava pra opder trair mais á vontade, me xingava gritava, brigávamos, chegava final do dia eu estava com raiva decepcionada e ele chegava me cheirando, desconfiado que estive com alguem, só porque tinha ido trabalhar e ele não esteve comigo o dia todo para me controlar!!!! aí eu queria conversar sobre a loucura dele, mostrar que nao dava pra ele continuar assim, ele fingia que nada tinha acontecido, tava todo alegrinho querendo fazer coisas normais, que eu ficasse bem com ele como se nada tivesse acontecido. Eu nao ficava porque estava p da vida, ou chateada, ele surtava, falava que nao veio no mundo pra me servir que fazia de tudo pra mim e eu nao dava valor, que por isso que eu tinha 34 anos e nao casado ainda, que eu era um lixo, que ele já conhecia um monte de gente que tinha posto a mao em mim, falava nomes de pessoas que eu conheci e nem fiquei, e jogava na minha cara 2 ou 3 namoros que tive, como se fosse um crime eu ter namorado antes e ter tido relação sexual com outros homens ( aos 34 anos). Isso mesmo depois de estar grávida. Comecei a achar ele um doente mental. Era doente de ciúmes de mim com outras pessoas, quase não tenho amigas e as poucas que tinha me afastei, Qualquer comentário que fizesse que envolvesse algo das minhas amigas ele criticava, falava que eu não tinha personalidade, que devia ficar contando nossas brigas com elas e ficarmos rindo da cara dele, inventava ou acreditava na invenção dizendo que viu amigas em situações impossíveis, em lugar que uma não foi, com caras, quando ela é casada e nem foi ao lugar, para dizer que ela não prestava eu devia me afastar. A maioria das brigas era por ciúmes mas tinha brigas do nada, por bobagens ridículas e ele gritava, ficava agressiva grosso, estúpido e eu não aceitava a grosseria, aí ele alterava mais, me xingava mais, aí eu dizia que largar dele, que não ia tolerar ser tratada daquela forma, então ele dizia que eu era uma vagabunda porque era filha de pais separados, falava com palavras de muito baixo calão, pesadíssimos coisas do tipo que eu já tinha tido muitos namorados, e ele tinha que aguentar alguém "rodado" na cidade, saber que outros homens transaram comigo, mas dizia isso de uma forma muito mais baixaria, horrível de se ouvir. Eu ficava louca da vida, tentava sair da casa e ir pra casa da minha mãe, ele não deixava, me jogava na cama,me trancava no quarto, chegou a rodar uma toalha na mão para "pegar força" e jogá-la no meu rosto, eu já grávida. saí gritando na varanda ele maneirou com medo dos vizinhos. Fora isso, era um estúpido com os pais, tratava a mãe de um jeito assustador, eu ficava horrorizada, pior do que um cachorro, a humilhava na minha frente e na frente do pai, e o pai ficava quieto com cara de pastel como se nada tivesse acontecido. Achava aquilo esquisitíssimo. Não entendia. Achava que a mãe tinha feito algo grave para eles e eu que estava por fora. Porque ele se justificava falando que a mãe era um horror e eu não sabia de nada. Como se ele e o pai fossem vítimas daquela mulher.

keyla matias disse...

tento mostrar pra ele que o ciume doentio dele estragou tudo, que nao volto com ele porque nao se viu como causador do problema, nao procurou ajuda, nao procura melhorar, ele fala que ele não é ciumento, que ele so não admite dividir mulher com outro homem como seu tivesse realmente o traído!! fala que eu me afastei porque nem sei de quem é o filho. Depois aparece igual um cordeiro, todo gente boa, amigo, carinhoso, caí nessa conversa várias vezes e voltei. Cada vez durava menos os dias de normalidade. Como me agrediu gravida, imagino que aquilo só pioraria, imagina sem estar gravida...

keyla matias disse...

Meu sonho era que ele enxergasse o problema, trabalhasse isso na terapia e melhorasse pra podermos ficar juntos e criar nosso filho. mas hoje não tenho esperanças.

Camila - Misterium disse...

Oi, a cada trecho eu me vejo. Em muitas frases cheguei a chorar. Realmente é tudo isso que eu vivo, e sem entender o pq? Passei com psicólogo a um tempo, mas não tive paciência. Agora lendo o texto, vejo que ele não era capacitado a me compreender diante do tamanho problema que venho enfrentando. Tento me separar diariamente, mas não tenho força, pois sou completamente dependente desse cara, em tudo! E além de td que ele me faz, nos não temos amigos, ele me isolou de todos me fez perder contato.
Obrigada!!!

Camila - Misterium disse...

Oi, a cada trecho eu me vejo. Em muitas frases cheguei a chorar. Realmente é tudo isso que eu vivo, e sem entender o pq? Passei com psicólogo a um tempo, mas não tive paciência. Agora lendo o texto, vejo que ele não era capacitado a me compreender diante do tamanho problema que venho enfrentando. Tento me separar diariamente, mas não tenho força, pois sou completamente dependente desse cara, em tudo! E além de td que ele me faz, nos não temos amigos, ele me isolou de todos me fez perder contato.
Obrigada!!!

Camila - Misterium disse...

Oi, estou passando por isso! O pior, tenho 2 filhos, e qdo ele surta, nada o aflige. Ele nem lembra q tem filhos e que precisam comer... Sempre achei que ele fosse doente. Só não sei como sair dessa!!!

Anônimo disse...

Nossa, descreveu meu namorado :o

Anônimo disse...

Olá boa tarde,
Não sei o que eu faço a pessoa com quem me relacionava tem essas características apresentadas acima.E sempre que ele pedi para terminar eu fico implorando para voltar e ele já está meio acostumado com isso.Dessa ultima vez que ele pediu eu não fiz nada.O que fazer?.Peço ajuda!!

Anônimo disse...

Eu estou vivendo isso, eu aceitei muitas coisas erradas q ele ja fez comigo ate traicao, eu sempre fui aquele tipo de mulher boazinha ele sempre fez oq quis comigo e chegou nun ponto q ele me maltrata me humilha e no outro dia liga como sr nada tivesse acontecido, e qnd questiono a atitude dele ele me pede desculpa diz q me ama e tem medo de me perder. Mais sessa ultima vez eu troquei insiltos com ele ele me humilhou e eu nao quis ficar ppr baixo humilhei ele tambem. Foi horfivel quero e precisp muito de ajufa

Sinthya Oliveira disse...

Olá!
Ótimo texto, muito esclarecedor. Vou procurar mais informações sobre o assunto. Obrigada!

Ps: Esse texto é seu? Por que estou vendo esse mesmo texto em outros sites e sem referência a seu nome. Fique atenta!

Abs

gesilayne disse...

olá, meu nome é Gesilayne, hoje estou um pouco triste, já a alguns dias não tenho me sentido muito bem, ontem fui para o trabalho mas não consegui ficar por que estava sentindo muita dor, fui ao hospital, lá a doutora me consultou e durante a consulta ela perguntou como era meu relacionamento com meu marido , eu respondi !!! falei tudo que se passa entre eu e ele, então ela me encaminhou pra um psicologo, e me passou uns calmantes , não sei por qual motivo , mas acho que é por causa do meu casamento, meu marido fala muito que me ama, só que me ofende com muitas palavras, ele nunca me agrediu ,nunca triscou em mim, mas só as palavras que ele fala comigo já me fazem sentir a pior pessoa do mundo, nós não temos dialogo, é muito difícil quando saímos pra algum lugar, quando nos divertimos,as pessoas olham e falam que nós somos um casal perfeito, mas não sabem que eu e ele vivemos muito de aparéncia, já não sei o que eu faço, ele tem me humilhado muito, mas não sei qual decisão tomar, me ajuda???

gesilayne disse...

olá meu nome é Gesilayne , no momento não estou muito bem, ontem fui trabalhar mas não consegui, por que estava sentindo muita dor, então fui para o hospital , lá a doutora me consultou, derre pente ela perguntou como era meu relacionamento com meu marido, então eu respondi, na mesma ora ela me passou um encaminhamento pra um psicólogo, acho que é por causa do meu relacionamento, meu marido fala que me ama, más vive me maltratando muito, ele nunca me agrediu fisicamente , mas verbalmente todos os dias, nós não temos mas nenhum dialogo, não saímos pra lugar algum, ele tem me humilhado bastante, as palavras dele é que me machuca muito , já não sei mas o que eu faço!!!!

nanci souza disse...

Nossa fiquei impressionada com o artigo muito bom!Acredito que independente do passado ruim ou traumático q tivemos temos por obrigação superar,fazer diferente e tentar se colocar no lugar do outro. compreender mas não colaborar com a situação,pois para mim,em primeiro lugar num relacionamento deve-se existir respeito e amor próprio!Parabéns

Anônimo disse...

Eu tive o desprazer de conhecer um e mesmo depois de ter fugido dele ele não me deixa em paz.
Ele destruiu minha vida,cheguei a pedir a morte para Deus.
Mais criei forças por meus filhos e fugi dele,mais mesmo assim tenho vivido um inferno.

Anônimo disse...

que um maravilhoso mundo em que vivemos , eu ainda duvido que este lançador de magias como ele fez isso !
Minha boca está cheia de testemunhos , Am Jain meu marido deixou a casa por dois anos à África do Sul para um turista , ele quis dizer uma prostituta e ele foi enfeitiçar pela menina meu marido se recusam a voltar para casa de novo, eu choro dia e noite à procura para quem me ajudar , eu li um jornal de notícias sobre um poderoso lançador de magias chamado Dr. Okojie e eu em contato com o lançador de magias para me ajudar a conseguir meu amor de volta para mim e ele me pedir para não se preocupar com isso que os deuses que lutam por mim .. ele me disse que em meados de noite, quando todo o espírito está em repouso , ele vai lançar um feitiço para se reunir meu amor de volta para mim. e ele fez em menos de 3 dias o meu marido voltou para mim e começou a chorar que eu deveria para perdoá-lo , eu , estou tão feliz por que este lançador de magias fez por
eu e meu marido .. contato em seu drokojiehealinghome@gmail.com e-mail é o melhor lançador de magias em todo o mundo selvagem. ele está specialiesed na resolução de outros problemas , incluindo os seguintes :
(1) Se você quiser que o seu ex-costas.
(2) se você sempre tem pesadelos.
(3) Você quer ser promovido em seu escritório.
(4) Você quer que as mulheres / homens a correr atrás de você.
(5) Se você quiser uma criança.
(6) Se você precisar de ajuda financeira.
(7) Se você quiser que a cura do HIV AIDS
contatá-lo agora para solução imediata do seu
problemas no Drokojiehealinghome@gmail.com
obrigado

Denise Martins disse...

definitivamente eu tenho um relacionamento assim. Meu marido é assim. parecia eu contando minha vida. Vejos postagens de quando o conheci e vejo que foi o melhor homem do mundo... até uns meses depois. Ele se transformou, começou a ser bruto, estupido, me proibir de um monte de coisas, me querer só pra ele, a vida dele é me insultar, e eu no começo pra evitar que ele brigasse comigo perot das pessoas, me continha muito, ficava quieta, ele começou a piorar. Só que eu não quis ser a coitadinha da história, mesmo pq não tenho um gênio fácil também, e quando percebi o que estava acontecendo comigo, perdendo amigos, proibida de ver celulares, tive que dar todas as minhas senhas a ele, ele saiu do trabalho pra poder me vigiar o dia inteiro, e depois começou a tentar me colocar pra baixo. Chegou a dizer que nao sou merda nenhuma, o que eu sou? nada, moro na casa que é da minha mae, tenho meu carro que nem quitado esta, fiz 5 anos de direito e trabalho com contabilidade pra ganhar 3 mil por mes.. entao o que eu sou? nada.. eu nao sou nada.. como qualquer uma por ai. ja me chamou de come dorme, vagabunda, puta, perdi um filho e dois dias depois ele tava me dizendo que nao presto nem pra ser mae... só que assim.. pq eu fico com ele né... entao...primeiro pq como diz ai na matéria.. eles tem o outro lado que é muito bom.. jura amores.. etc.. chora ... se arrepende..e eu me considero ja na terceira fase ai.. eu nao fico quieta... eu pego meu cel ele começa a falar.. eu falo.. seguinte eu vou mexer no meu celular a hora que eu quiser... nao enche... começa a gritar comigo.. eu grito mais alto.. rsrs (feio mas necessario na minha opiniao), começa a me humilhar eu exalto todas as minhas qualidades e deixo bem claro que nao é um cara que até ontem nem conhecia que vai me fazer pensar diferente.. entao assim.. eu acredito estar indo para o caminho certo.. pq ele assume hoje que tem problema.. que precisa se tratar... ele ta se enxergando aos poucos.. e assim.. eu deixo bem claro pra ele ... pq ele ja me disse varias vezes que se nao for ele quem vai me aguentar.. entao eu deixo claro que oportunidades nao faltam por ai... que se ele ficar comigo é um favor.. se nao ficar é dois.. (parece cruel né, mas as noites que eu passei chorando se transforam nisso, frieza) frieza essa que desejo a todas vcs.. amor misturado com frieza... relacionamento é feito de beleza e paciencia .. se der certo beleza se nao der paciencia :) beijos e bora ser feliz sozinha com ele com outros.. com uma boa taça de vinho nao importa...

Denise Martins disse...

definitivamente eu tenho um relacionamento assim. Meu marido é assim. parecia eu contando minha vida. Vejos postagens de quando o conheci e vejo que foi o melhor homem do mundo... até uns meses depois. Ele se transformou, começou a ser bruto, estupido, me proibir de um monte de coisas, me querer só pra ele, a vida dele é me insultar, e eu no começo pra evitar que ele brigasse comigo perot das pessoas, me continha muito, ficava quieta, ele começou a piorar. Só que eu não quis ser a coitadinha da história, mesmo pq não tenho um gênio fácil também, e quando percebi o que estava acontecendo comigo, perdendo amigos, proibida de ver celulares, tive que dar todas as minhas senhas a ele, ele saiu do trabalho pra poder me vigiar o dia inteiro, e depois começou a tentar me colocar pra baixo. Chegou a dizer que nao sou merda nenhuma, o que eu sou? nada, moro na casa que é da minha mae, tenho meu carro que nem quitado esta, fiz 5 anos de direito e trabalho com contabilidade pra ganhar 3 mil por mes.. entao o que eu sou? nada.. eu nao sou nada.. como qualquer uma por ai. ja me chamou de come dorme, vagabunda, puta, perdi um filho e dois dias depois ele tava me dizendo que nao presto nem pra ser mae... só que assim.. pq eu fico com ele né... entao...primeiro pq como diz ai na matéria.. eles tem o outro lado que é muito bom.. jura amores.. etc.. chora ... se arrepende..e eu me considero ja na terceira fase ai.. eu nao fico quieta... eu pego meu cel ele começa a falar.. eu falo.. seguinte eu vou mexer no meu celular a hora que eu quiser... nao enche... começa a gritar comigo.. eu grito mais alto.. rsrs (feio mas necessario na minha opiniao), começa a me humilhar eu exalto todas as minhas qualidades e deixo bem claro que nao é um cara que até ontem nem conhecia que vai me fazer pensar diferente.. entao assim.. eu acredito estar indo para o caminho certo.. pq ele assume hoje que tem problema.. que precisa se tratar... ele ta se enxergando aos poucos.. e assim.. eu deixo bem claro pra ele ... pq ele ja me disse varias vezes que se nao for ele quem vai me aguentar.. entao eu deixo claro que oportunidades nao faltam por ai... que se ele ficar comigo é um favor.. se nao ficar é dois.. (parece cruel né, mas as noites que eu passei chorando se transforam nisso, frieza) frieza essa que desejo a todas vcs.. amor misturado com frieza... relacionamento é feito de beleza e paciencia .. se der certo beleza se nao der paciencia :) beijos e bora ser feliz sozinha com ele com outros.. com uma boa taça de vinho nao importa...

Denise Martins disse...

definitivamente eu tenho um relacionamento assim. Meu marido é assim. parecia eu contando minha vida. Vejos postagens de quando o conheci e vejo que foi o melhor homem do mundo... até uns meses depois. Ele se transformou, começou a ser bruto, estupido, me proibir de um monte de coisas, me querer só pra ele, a vida dele é me insultar, e eu no começo pra evitar que ele brigasse comigo perot das pessoas, me continha muito, ficava quieta, ele começou a piorar. Só que eu não quis ser a coitadinha da história, mesmo pq não tenho um gênio fácil também, e quando percebi o que estava acontecendo comigo, perdendo amigos, proibida de ver celulares, tive que dar todas as minhas senhas a ele, ele saiu do trabalho pra poder me vigiar o dia inteiro, e depois começou a tentar me colocar pra baixo. Chegou a dizer que nao sou merda nenhuma, o que eu sou? nada, moro na casa que é da minha mae, tenho meu carro que nem quitado esta, fiz 5 anos de direito e trabalho com contabilidade pra ganhar 3 mil por mes.. entao o que eu sou? nada.. eu nao sou nada.. como qualquer uma por ai. ja me chamou de come dorme, vagabunda, puta, perdi um filho e dois dias depois ele tava me dizendo que nao presto nem pra ser mae... só que assim.. pq eu fico com ele né... entao...primeiro pq como diz ai na matéria.. eles tem o outro lado que é muito bom.. jura amores.. etc.. chora ... se arrepende..e eu me considero ja na terceira fase ai.. eu nao fico quieta... eu pego meu cel ele começa a falar.. eu falo.. seguinte eu vou mexer no meu celular a hora que eu quiser... nao enche... começa a gritar comigo.. eu grito mais alto.. rsrs (feio mas necessario na minha opiniao), começa a me humilhar eu exalto todas as minhas qualidades e deixo bem claro que nao é um cara que até ontem nem conhecia que vai me fazer pensar diferente.. entao assim.. eu acredito estar indo para o caminho certo.. pq ele assume hoje que tem problema.. que precisa se tratar... ele ta se enxergando aos poucos.. e assim.. eu deixo bem claro pra ele ... pq ele ja me disse varias vezes que se nao for ele quem vai me aguentar.. entao eu deixo claro que oportunidades nao faltam por ai... que se ele ficar comigo é um favor.. se nao ficar é dois.. (parece cruel né, mas as noites que eu passei chorando se transforam nisso, frieza) frieza essa que desejo a todas vcs.. amor misturado com frieza... relacionamento é feito de beleza e paciencia .. se der certo beleza se nao der paciencia :) beijos e bora ser feliz sozinha com ele com outros.. com uma boa taça de vinho nao importa...

Sabrine disse...

Estou passando por isso , estou pensando seriamente em me separar, tenho um filho de 3 anos, e não estou mais aguentado, o pai do meu marido vive xigando a mãe dela, então eu acho que o meu caso não tem mais jeito pois isso vem de familia.

Sabrine disse...

Estou passando por isso , estou pensando seriamente em me separar, tenho um filho de 3 anos, e não estou mais aguentado, o pai do meu marido vive xigando a mãe dela, então eu acho que o meu caso não tem mais jeito pois isso vem de familia.

Anônimo disse...

é MUITO IMPORTANTE LER ISSO
EU TENHO PAASSADO POR ISSO COM MEU COMPANHEIRO E ISSO ME FAZ SOFRER DEMAIS AS ACUSACOES AS PALAVRAS BAIXAS
E NAO POSSO NEGAR TEM HORA QUE A GENTE SE SENTE SEM SAIDA,INCURRALADA.E LER ISSO NOS AJUDA A RETOMAR DE UM PONTO ONDE NA VERDADE PERDEMOS UM POUCO DA IDENTIDADE E ALTO ESTIMA EM RAZAO DAS CULPAS QUE NA VERDADE SAO DO OUTRO.
E NOSSA DE TER ADMITIDO A PRIMEIRA VES PRA QUE CONTINUASSE ASSIM
OBRIGADA

Anônimo disse...

Olha meu marido e a cara desse misogino aí. Eu passei a odiar ele e desejar sua morte. Todos os dias me odeio por ter escolhido ele como marido e pai dos meus filhos. E mais ainda ele me trai da forma mais descarada possível . Tenho nojo dele Ele não me deixa crescer. Pq e a forma que conseguiu de me prender Pq sabe que se me deixar eu pego vôo. Nossa sonho todos os dias com minha liberdade Aí todo mundo me pergunta. Pá não separa. Ele e violento e tenho medo dele Odeio esse homens.

Lena Moraes disse...

Olá, Adriana, boa noite!

Estou saindo de uma relação de mais de 7 anos com um homem claramente misógino, mas é claro, muito claro, também que ele é frio, cruel, muito inteligente, dissimulado, mentiroso contumaz, sádico e quer me destruir enquanto diz que me ama, não há amor, e ele sabe, é claro que ele tem consciência de tudo, e que faz tudo o que faz pra se divertir, ele já riu da minha dor na minha frente, já deu gargalhadas, mais de uma vez, e depois vinha se desculpando, se dizendo doente, e fazia de novo, ele é um sociopata, sabe o que faz, não é um processo inconsciente.

Grata pelo espaço, um abraço.

Lena Moraes disse...

Olá, Adriana, boa noite!

Estou saindo de uma relação de mais de 7 anos com um homem claramente misógino, mas é claro, muito claro, também que ele é frio, cruel, muito inteligente, dissimulado, mentiroso contumaz, sádico e quer me destruir enquanto diz que me ama, não há amor, e ele sabe, é claro que ele tem consciência de tudo, e que faz tudo o que faz pra se divertir, ele já riu da minha dor na minha frente, já deu gargalhadas, mais de uma vez, e depois vinha se desculpando, se dizendo doente, e fazia de novo, ele é um sociopata, sabe o que faz, não é um processo inconsciente.

Grata pelo espaço, um abraço.

Anônimo disse...

Acho que estou passando por isso também, meu namorado era uma pessoa maravilhosa, mas depois foi mudando de tal forma que eu passei a ter medo dele, nas nossas brigas a culpa sempre ele fazia parecer que fosse minha, me ofende, não me valoriza, sempre os outros são melhores, diz as coisas e depois diz que não disse nada, nunca pede desculpas das suas ofensas, mas agora eu cansei, já tentei várias vezes por conta do sentimento que eu tinha, mas estou infeliz e decidi que não quero mais.

Paulo disse...

Boa noite! Primeiro gostaria de agradecer por ajudar a indentificar minha doença! Gostaria muito de sua ajuda pois vivo o segundo relacionamento e vejo que tudo vai levar ao mesmo caminho. Qual seria o tratamento? quem devo procurar? preciso muito de sua ajuda. pj.moc@hotmail.com

Anônimo disse...

Olá! Eu desconfiava que meu marido era doente, agora tenho certeza. Eu sempre indiquei um tratamento psicológico para nos dois MS ele não aceita e diz pra eu ir sozinha,mas se eu for vai dizer que tenho um caso com o psicologo(a), ele é um marido e pai muito bom e carinhoso. Mas esse é seu grande defeito me dá amantes e fazer com que eu acredite nisso...durante o ato sexual ele se excita se eu confirmar todas suas historias, e se eu negar e dizer que não quero isso, ele começa a falar que eu estrago tudo, que gosto de confusão...só sei que esse homem é louco...ele não é normal. Já tentei deixá-lo e foi pior. Ele sofreu muito e eu descobri que amo-o...estamos juntos a 20 anos.
Pra piorar eu o trai, e isso é um prato cheio pra ele, me trata muito mal me agride e depois vem todo arrependido.
E eu trai ele por vingança, disse pra ele que fiz porque quiz realizar o grande sonho dele.
Me arrependi e tento concertar nosso casamento. Tenho esperanças...

Anônimo disse...

Olá Adriana. Agradeço muito encontrar este artigo. Tenho 24 anos. Lendo o artigo vejo que convivo com um misogino.Tenho um relacionamento de 08 anos e sou humilhada diariamente sem motivos.antes ele era um amor e depois se transformou em um monstro. me humilha todos os dias na frente dos amigos, familiares, pessoas desconhecidas, me chama de palavras horriveis tipo .."sua puta...lixo..macaco...gorda...doente..desgraça..e por ai vai. ANtes de conhece=lo eu tinha a auto estima elevada, era muito feliz, repleta de amizades, bonita, magra,era radiante. Depois engordei mais de 20 kg, passei a me sentir inutil como ele me chamava, me afastei dos amigos por causa dele, dos familiares de tudo. eu vivia para trabalhar e estudar. ele tentava me atrapalhar no trabalho, estudo em meus projetos para melhorar de vida. Na faculdade me atrapalhava, falava que eu estava era de putaria ao inves de estudar, que nao existia isso de estudar tanto, criticava meu esforço no trabalho falando que eu era inutil. Ate para tirar a CNH ele me criticava, falando q aquilo nao era para mim...Quando decidi terminar com ele descobri que estava gravida e chorei muito, como nao queria que meu filho crescesse sem um pai decidi aguentar estas torturas. Durante a gravidez ele pintou e rabiscou cmg, nao me ajudou em nada, na epoca havia batido o carro e disse q o carro era mais importante e arquei com todas as despesas, coloca os amigos em primeiro lugar,nunca me deu um presente, quando cobrei dele me disse q eu dava presente p ele pq era idiota.antes eu chorava muito,hj nao consigo chorar mais, ja apanhei dele ha anos atras e passei por muito aperto. Hoje lendo o artigo me senti estimada em procurar ajudar para me sentir mais alegre e larga-lo. nao quero meu filho crescendo proximo de uma influencia deste tipo. Detalhe: a familia dele é toda desestruturada. ele nao conhece o pai, a mae é egoista so preocupa em bancar varios homens mais novos, irma so procura a mae para estorquir dela dinheiro.
Me mande uma mensagem de conforto! EU quero conseguir sair desta pessoa e ser feliz, meu filho nao merece um pai e ambiente familiar deste tipo!

Anônimo disse...

Noossa até que enfim li alguma coisa que está exatamente adequada a minha situação. Meu marido mudou muito ele era gentil e amável comigo e de um tempo pra ca ele está irreconhecível! Principalmente depois da perda da mãe dele no ano passado. Dentro da minha própria casa eu tomo cuidado com as palavras e com as aritudes tenho medo de abrir a boca simplesmente pra pedir um favor e ouvir insultos e humilhações. Derrepente qualquer coisa que eu faço ou fale buuuuum a bomba explode e acabo tudo de bom no meu dia. Eu não sei oq fazer e como agir será mesmo que se eu procurar ajuda psicológica vão me entender oq eu passo? Não sei como explicar oq acontece só sei que está cada dia mais difícil e cada diabeu tenho menos vontade de voltar pra casa depoia do trabalho.

Anônimo disse...

Meu Deus minha situação é a mesma não aguento mais não sei oq faço

Anônimo disse...

Meu Deus eu passo a mesma coisa idêntico não aguento mais as mesmas coisas que vc escreveu é o que eu passo igualzinho mesmo sem tirar nem por. Por favor eu preciso de ajuda me sinto um lixo não aguento mais. Alguem pode ajudar ?

Anônimo disse...

Esse texto pode mudar minha vida. Sempre tive esse comportamento e nunca entendi como essas coisas me dominavam. Estou junto de uma mulher maravilhosa há 16 anos e ela para me agradar se omitia muito e acabava por fazer minhas vontades. Isso me confundia e acabava por deixá-la infeliz. Me sinto muito culpado por tudo que fiz ela passar. Espero que um dia eu consiga o seu perdão e que ainda exista uma pequena faísca em seu coração para que eu possa incendiá-lo novamente, mas desta vez com uma postura diferente. Torço para que eu consiga me libertar disso pois sofri muitas humilhações e muita rejeição de minha mãe quando eu era pequeno.
Agora tenho consciência do que está se passando tenho a chance de fazer diferente. Se ela tiver ainda amor por mim acredito que podemos vencer, se não torço para que ela encontre alguém que possa lhe fazer feliz. Para aquelas que possam estar passando por isso posso aconselhar que procurem ajuda e tentem ajudar o parceiro, mas nunca percam sua identidade e autoestima, pois isso não ajudará na relação. Sejam fortes e se valer a pena lutem pelo parceiro.

Abraços e vamos a luta que a batalha será árdua. E quem disse que seria fácil?

Emerson

FabíolaPortela disse...

Isso descreve tudo que vivo ha oito anos, o que me restou foram problemas de saude tanto fisicos como psicologicos. Ainda sofro, pois pedi separaçao, mas ainda o amo. Vou procurar ajuda, pois estou muito mal, nao tenho vontade nem de me alimentar, estou so emagrecendo muito, só choro, nao aguento mais tanto sofrimento, meu Deus!

FabíolaPortela disse...

Parabenizo vc, por sua atitude e reconhecimento do problema! Que sua familia seja restaurada! Infelizmente, estou me separando, pois apesar de amar meu esposo(ja cheguei ate a dizer a ele que nao o amo mais, pois ele nao reconhece seus erros e acaba me indagando pq quero separar dele ja que nao existe problema nenhum, segundo ele!). Enfim, vou seguir minha vida, cansei de sofrer, cansei de ser reprimida!

ana disse...

poxa!acabei de ler tem tudo a ver com que estou passando para ajuda ele é se tornou alcoólatra acha que tbm esta usando droga não poço fala nada dentro de casa ele critica me xinga fala que sou culpada de tudo que esta acontecendo me sinto um lixo triste infeliz não tenho alegria mais é uma semana bem outra um inferno tenho um filho de 10 anos ve isso tudo ele me humilha demais tudo que faço não esta bom tem horas que sinto muita raiva dele ...ja estou sem forças

Anônimo disse...


O texto é, pra mim, um resumo do casamento que vivi por 17 anos.
Nos últimos 2 anos de casamento comecei a anotar detalhadamente cada acontecimento pois ele sempre dizia que não se lembrava de nada e que eu estava enlouquecendo.
Me separei e busquei ajuda nos familiares e amigos mas, mesmo depois de 1 ano e meio, continuo me questionando pois tentamos nos relacionar amigavelmente e não deu certo.Ele tem um outro relacionamento também de 1 ano e meio e, o pouco contato que temos é conturbado e, ele ainda me culpa pela separação e diz ter ódio de mim.
Infelizmente nossas filhas sofrem muito com nossas discussões e por isso, a 1 mês combinamos que não teremos mais contato algum, por enquanto está dando certo e é notável a melhora delas.

Anônimo disse...

Olá, Adriana,

Já sofri muito com um misógino e ainda sofro e sei que preciso de ajuda para reconstruir minha identidade dilacerada. Me sinto a pior de todas as mulheres, me sinto tão inferior, que fico sem vontade de sair com ela. Ele me maltrata paquerando, me respeitando e fico agressiva, pois ele é ciumento. Sempre foi ciumento, mas é daquele faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço. As pessoas sempre falaram, que ele era muito feio, sem graça para mim e hoje me sinto assim, feia e sem graça para ele. Acho que tudo que sentia com tantos maltratos psicológicos fez com que me sentisse. Não tenho segurança em mim, era feliz, sorria, hoje só vivo triste, amargurada e agressiva. Sinto que deformei a imagem do meu espelho, quando olho para mim. É inacreditável como alguém com beleza, olhe e se ache feio. Há algum local no R.J que faça tratamento gratuito, agora, não tenho condições de pagar, mas terei um dia. Fiquei com um tumor benigno por conta deste homem. Hoje tenho um grande ódio por ele, mas convivo neste ambiente nocivo. Hoje não confio mais nele. Engraçado, que ele não só trata mal a mulher, mas também o filho. Trata exatamente como foi tratado e vivia na infância. Se deixar quer bater e reproduzir sua infância com nosso filho, mas não permito. Deus ilumine minha vida, pois um homem desses merece estar com alguém igual a ele.

frances disse...

bom dia a todos, lendo aqui esses depoimentos,tambem posso relatar que , por exemplo minha esposa, somos casados a 4 anos, vivo uma tortura psicologia total e diaria, todos os dias sou torturado e ofendido moralmente psicologicamente,ela me chama de qualquer coisa, ou seja as piores possiveis,tenho ate vergonha de falar,me humilha me chamando de velho, me xinga com um odio imprenssionante de repente sem eu ter feito nada, simplesmente por prazer, me acusa de traiçao,acho que ela me odeia por ter conquistado ela, pergunto se isso e possivel por favor me ajude, estou a ponto de desistir de tudo,nao aguento mais,

Anônimo disse...

Eu estou atônita com essa explicação, hoje me deparei depois de anos sem chão, sem saber pq meu marido fazia isso, cheguei a pensar em fazer psicologia pra entender seu universo ou buscar respostas, porém hoje o ataque dele tá cada vez mas pior e nafrente de meu filho de 7 anos, meu filho não tá suportando ele está sendo prejudicado, então resolvi pesquisar na net, e eia a reposta. A cada frase que lia ficava meditando em seu comportamento, sem vírgula nem pontos, é o meu marido todo, estou sem chão, pois já sofri tanto e meus dois filhos, não estou suportando mas de pois de 21 anos...sério, isso é muito real. Preciso buscar um especialista? Ele tem que saber disso? Eu não o amo mais, fui muito maltratada, fiquei doente de tantos maltratos, tive depressão, mas nos meus filhos eu não irei aguentar. Muito esclarecedor mesmo. Parabéns
s ao seu blog.

Anônimo disse...

Olá Adriana! Fiquei muito feliz quando li seu texto, porque descobri que não estava louca, me identifiquei com as situações. Eu achava que tinha que procurar um neurologista, que estava perdendo a memória, queria saber porque eu sempre fazia tudo errado, por mais que tentasse fazer certo. Enfim eu vivia numa prisão sem muros e agora tudo está ficando claro pra mim.Muito obrigada, já procurei um psicólogo para me ajudar.

Anônimo disse...

Olá Adriana! Fiquei muito feliz quando li seu texto, porque descobri que não estava louca, me identifiquei com as situações. Eu achava que tinha que procurar um neurologista, que estava perdendo a memória, queria saber porque eu sempre fazia tudo errado, por mais que tentasse fazer certo. Enfim eu vivia numa prisão sem muros e agora tudo está ficando claro pra mim.Muito obrigada, já procurei um psicólogo para me ajudar.

Anônimo disse...

Anónima 9
Li o artigo sobre o Misógino, e despertou algo em mim, nunca tinha lido nada a respeito. Interessou-me, porque eu estou numa relação que já vai a caminho de quase dois anos. Meu Deus, eu não sei se sou eu ou ele que tem esse problema. Desde o inicio que começamos a namorar ele dizia que estava preso a um outro amor, mas ligava para mim varias vezes ao dia, me convidava para sair todos os dias, acabei por me apaixonar por ele, porque o carinho que ele tinha para comigo, não deixava dúvidas de que queria algo sério comigo. Mas nunca me apresentava para os seus amigos. Mesmo assim acabei por me apaixonar por ele. O pai dele já é falecido e pelo que sei só ficou com a mãe porque esta ficou grávida, e quando ele fala da mãe diz que ela só sabe criticar as suas atitudes comparando-lhe ao pai, tudo o que pai fazia de errado, ou os defeitos do pai a mãe diz que ele tem os mesmos. Ele considera-se uma pessoa insegura e que não vale nada. Diz que o pai não é um exemplo a seguir, isto quando conversamos acerca de ter filhos, ele diz que ainda não se sente preparado, digo- lhe que pelo ou menos que faça um como o seu pai fez e aí ele responde que o pai não é uma pessoa que deve se tirar exemplo. Agora falando de nós, eu acbei por começar a gostar mais dele do que ele d mim. nunca assume que gosta realmente de mim, diz que gosta muito pouco, comparando a minha forma de gostar dele. Diz também que eu sou a única mulher que gosto demais dele. Há momentos que me rejeita nem sequer me beija diz que não tem vontade. Depois passando algum tempo já quer estar comigo, mas sempre a criticar-me, de que eu sou sempre a culpada das coisas entre nós não correrem bem. Diz que não me quer, mas trata-me com muito carinhp e com a maior paciência do mundo, eu tenho uma deficiência na perna direita e tenho algumas dificuldades para caminhar e ele tem muita paciência comigo. Eu acabo por ficar confusa, comecei a ficar com medo de falar, seja o que for porque sou muito criticada por ele, admito que também tenho falhas, mas geralmente quando discutimos e por iniciativa minha é porque ele fala coisas como se fosse inocentemente, mas sinto que são para atingirem-me e por vezes não aguento e reajo de forma errada, brigando e perco a razão. Na maior parte das vezes ele faz-me sentir culpada e ultimamente comecei a culpar-me de todas as vezes que nos desentendíamos. Amo esse homem como nunca amei ninguem, se tivesse que escolher alguem para ficar o resto da minha vida seria com ele. Talvez a doente seja eu, preciso que me ajude a perceber, estou muito confusa, porque ele diz que não quer mas eu corro atras e ele cede, as vezes diz para eu arranjar alguem e quando respondo que vou arranjar diz para não ter pressa, eu digo isto não está acontecer comigo. É muito estranho a vezes que saimos eu até já nem digo nada para n estragar o ambiente, então ele começa com criticas, enerva-se sem motivo e trata-me mal, depois ja quer falar comigo como se nada tivesse acontecido. Quando ficamos juntos parece que não quer me largar. Depois já diz q n gosta o suficiente de mim. O que faço será que tem solução ficando com esse homem, devo insistir nessa relação. As vezes eu acabo por agir infantilmente tenho de admitir. Mas eu o amo até aceito e tento compreender a sua falta de amor vejo que não recebeu o suficiente.
Depois gostaria de receber algumas dicas por email, mas n quero publicar aqui o meu email.

carlota disse...

descobri q meu ex marido é um misógino,vivi exatamente o q está escrito no blog chorei lendo; tenho duas filhas com ele e ele tá sempre dizendo q me ama e quer voltar pra mim mas me sinto mal com ele, sinto q não devo voltar nem nossa filha quer q voltamos pra não ver mais brigas diz ela,me sinto tensa e ao mesmo tempo ele me confunde, me faz sorrir e as vzs esquecer o q foi d ruim nossa vida a dois.Preciso me afastar dele, o q faço?

Anônimo disse...

Acabei de descobri que me casei com um misógino :O me sinto destruída psicologicamente. Quando perdi minha irmã que praticamente morrera em meus braços,no dia seguinte do enterro ele me disse que eu que deveria ser enterrada pois parecia que eu que tinha morrido ! Essa é uma das coisas horrorosas pelo qual eu passei. Palavras que machucam minha alma , não estou suportando mais ele ... Ainda agora ele me disse que a ex dele era melhor que eu, sai de casa para espairecer só volto ao anoitecer, e só temos 1 ano de casados.

Anônimo disse...

Acabei de descobri que me casei com um misógino :O me sinto destruída psicologicamente. Quando perdi minha irmã que praticamente morrera em meus braços,no dia seguinte do enterro ele me disse que eu que deveria ser enterrada pois parecia que eu que tinha morrido ! Essa é uma das coisas horrorosas pelo qual eu passei. Palavras que machucam minha alma , não estou suportando mais ele ... Ainda agora ele me disse que a ex dele era melhor que eu, sai de casa para espairecer só volto ao anoitecer, e só temos 1 ano de casados.

Anônimo disse...

Acabei de descobri que me casei com um misógino :O me sinto destruída psicologicamente. Quando perdi minha irmã que praticamente morrera em meus braços,no dia seguinte do enterro ele me disse que eu que deveria ser enterrada pois parecia que eu que tinha morrido ! Essa é uma das coisas horrorosas pelo qual eu passei. Palavras que machucam minha alma , não estou suportando mais ele ... Ainda agora ele me disse que a ex dele era melhor que eu, sai de casa para espairecer só volto ao anoitecer, e só temos 1 ano de casados.

Anônimo disse...


meu marido se acha o homem mais perfeito do mundo, tenho que lhe fazer tudo, ele não ajuda em nada, não gosta das minhas amigas, família, se incomoda quando falo ao celular, quando saiu a rua, se irrita com tudo o que digo ou faça e sempre me ameaça por para fora de casa, sempre digo para ele fazer e nunca o faz, a verdade é que sinto que me odeia mas precisa de mim. o que faço

Heitor Laerte disse...

Um texto basicamente tendencioso. Típico endeusamento feminino do mundo ocidental. O homem que expõe seus sentimentos deliberadamente para sua parceira, está cometendo um erro. Quando a mulher percebe que pode ter tudo o que o homem tem para oferecer, ela simplesmente despreza o mesmo. A mente deturpada da "mulher moderna", não em um sentido social, mas psicológico, é intrinsecamente egoístas e manipuladores, mesmo que o façam em baixa intensidade.

Anônimo disse...

Olá meu nome e aryane li essa matéria e me identifiquei muito com ela eu sou casada quatro anos sempre quis entender o comportamento do meu marido e lendo esse post pode perceber que tem muito a ver com ele a unica diferença é que ele nunca me pede desculpas ele so sabe me humilhar, me xingar, me colocar pra baixo sempre sendo grosseiro me coagindo me colocando medo.
na verdade nao sinto amor por ele naos tenho vontade de estar perto dele pois ele so me faz sofrer, so me falta coragem pra dar um basta no nosso casamento porque amor ja nao existe mais entre a gente na verdade o que me prende a ele e o medo pois sou sempre ameaçada e nos temos un filho e acabo cedendo as chantagem dele pois pra mim e melgor viver nesse relacionamento sufocante do que ele tirar a minha vida, nao tenho nem vontade de viver minha vontade e de durmir enao aacordar nunca mais so que penso no meu filho ele que me da força para continuar sei que é muito difícil conviver com um homem desse que parece que tem prazer en brigar em me humilhar passamos mais tempo brigando do que curtindo nossa relação foi oor esse motivo que o amor imenso que eu sentia por ele morreu, nao me sinto culpada por tudo que ele me acusa porque eu sei o meu valor e sei que eu nao sou o que ele diz pra mim muiras vezes fico queto abaixo a cabeça para as humilhações dele por medo de dizer algo qye seja humilhante pra ele pois ele parte pra cima de mim, me sinto culpada por não ter coragem de sair de casa por deixar o medo tomar conta de mim

Anônimo disse...

OLÁ,TENHO VONTADE DE ME CASAR, PASSEI A NAMORAR UM AMIGO.MAS COM O PASAR DO TEMPO ACHEI SEU COMPORTAMENTO ESTRANHO. FUI PESQUISAR CONFORME O SEU PERFIL. E ENCONTREI O QUE ELE É AFINAL.ELE É MISÓGINO. FUI... TO FORA.... OBTRIGADA ARI... BEIJOS. A PARTIR DE HOJE , LONGE DELE.

Elisângela disse...

Nossa!!! Aí meu Deus Adriana, nem sei o que falar "SOCOORROOOOOOO" acho que seria a palavra certa, só esse seu abraço acolherder na msg acima já me ajuda srs, estou tão chateada com esta citação aqui em casa .... Tudo o que vc falou no texto sobre o misógino eu preciso de ajuda. Não sei mais o que falar, aliás se eu começar a falar do meu 'relacionamento' não paro mais. Beijo obrigada pelo texto, parabéns!.

Anônimo disse...

Vejo que vivo ao lado de um misógino :(

Anônimo disse...

Eu adorei o texot, mas acho que nenhuma das treis opções e válida. Uma mulher que sofre humilhações por qualquer tipo de homem deve deixa-lo falando sozinho, pegar tudo e mandar ele para onde tudo começou ou seja seu antigo lar. Um homem assim que tem odio de mulheres e pq a mãe e a principal culpada de tudo. Conheço uma pessoa assim, ela bebe e começa a ofender a companheira e no dia seguinte diz nao se lembrar de nada. isso é culpa da familia que vive, sua mae é uma infeliz e jogou isso no primogenito, o pai hj vive praticamente preso a um mundo por causa de u m derrame. A familia inteira precisa de um psiquiatra. o que eu recomendo a mulher desse imbecil doente e que ele va se cuidar e ela arrume alguem que a dê valor de verdade. Frustações antigas não são motivos para humilhar alguem que so fez amar.


Anônimo disse...

Olá! eu precisava ler este artigo, foi muito importante para mim pois estou passando por isso. Tenho um parceiro, e acredito que ele sofra desse transtorno. Estou sofrendo muito pois eu o amo, mas tenho consciência de esta situação etá me prejudicando. Pode me dar algum conselho? desde ja agradeço. Beijos!

Anônimo disse...

Dr.a em seu texto e nos comentários li apenas casos de homens que maltratam suas mulheres, ...Essa doença tambem existe em mulheres ?...pois a minha esposa é exatamente como descrito no seu texto...por favor tire-me essa duvida...obrigado...

Anônimo disse...

Obrigada por seu depoimento seu amor pelo próximo ao postar seu testemunho de si mesma, eu me vejo na sua história, eu preciso de ajuda, e vou buscar eu quero me amar pois não estou me amando. Obrigada

Anônimo disse...

Oii estou pensando em procurar um auxilio de um psicologo pois estou com alguns problemas, ha um ano meu namorado terminou comigo porque queria aproveitar a faculdade, terminamos mas acabamos por voltar. No comeco do relacionamento ele era super gentil, carinhoso, porem era muito ciumento e muitas vezes não me deixava sair com as minhas amigas, acabei perdendo contato com varias delas ao longo do tempo. Depois que voltamos ai é que a coisa piorou, ele se tornou independente, sempre dava prioridade aos amigos, me deixava de lado e pra piorar mais ainda brigamos muito, eu faco de tudo por ele, mas ele me agride tanto emocionalmente quanto fisicamente, ate na frente dos amigos dele, me chama de filha da puta, de puta, me manda tomar no cu, me da socos, me empurra, me despreza, passa dias sem falar comigo. Ele diz que se tornou assim por minha causa e coloca toda a culpa em mim de todas as coisas que acontecem, me faz com que me sinta culpada agora me sinto sozinha, sem amigos, ele me fez perder os meus e agora que tem tudo faz isso, me sinto sozinha, sempre choro, to no fundo do poço mesmo e só tenho 18 anos. Sera que ele esta distorcendo minha perspectiva de realidade como você disse no texto? que atitude eu devo tomar perante toda essa situação descrita?

Anônimo disse...

Oii estou pensando em procurar um auxilio de um psicologo pois estou com alguns problemas, ha um ano meu namorado terminou comigo porque queria aproveitar a faculdade, terminamos mas acabamos por voltar. No comeco do relacionamento ele era super gentil, carinhoso, porem era muito ciumento e muitas vezes não me deixava sair com as minhas amigas, acabei perdendo contato com varias delas ao longo do tempo. Depois que voltamos ai é que a coisa piorou, ele se tornou independente, sempre dava prioridade aos amigos, me deixava de lado e pra piorar mais ainda brigamos muito, eu faco de tudo por ele, mas ele me agride tanto emocionalmente quanto fisicamente, ate na frente dos amigos dele, me chama de filha da puta, de puta, me manda tomar no cu, me da socos, me empurra, me despreza, passa dias sem falar comigo. Ele diz que se tornou assim por minha causa de coloca toda a culpa em mim de todas as coisas que acontecem, agora me sinto sozinha, sem amigos, ele me fez perder os meus e agora que tem tudo faz isso, me sinto sozinha, sempre choro, to no fundo do poço mesmo e só tenho 18 anos. Sera que ele esta distorcendo minha perspectiva de realidade como você disse no texto? que atitude eu devo tomar perante toda essa situação descrita?

Anônimo disse...

Boa noite!! Primeiramente gostaria de agradecer a publicação do texto. Li e vi . Sao 5 anos que me relaciono com um homem que nem mesmo me assume. Pergunto me:: preciso disso???? Logicamente que não. .. ninguém merece. Afastei me da família dos amigos... Não saio não curto... apenas fico aqui...totalmente disponível pra ele. Não bato boca não reclamo... mas para que adiantaria??? Se sou culpada por tudo de ruim que acontece na vida dele. E quando a força vem ou a oportunidade chega,simplesmente não consigo dar um basta. Morro de amores. E mais uma vez me pergunto: será que sou doente? Quem esta de fora geralmente acha que é fácil. ...mas infelizmente não funciona assim. E lendo tanto relatos,fico até bem tranquila,porque sei que posso procurar ajuda e sair dessa. Mas fico triste também, porque todo myndo merece ser feliz...amado e respeitado.
Obrigada mais uma vez pela publicação. Boa noite!

Anônimo disse...

Oi, lendo o artigo, acredito que meu marido seja misogeno.
Ele teve um pai ausente e submisso e uma mae pouco carinhosa e meio ditadora.
Quando aos 14 anos, seu pai recebeu um convite para um trabalho internacional e ele e sua mae foram. Ele entao passou a cuidar dos irmaos e ficou responsavel por eles no Brasil. Acredito que tenha se sentido abandonado.
Ele tambem sofreu outro grande impacto quando na epoca da faculdade morou sozinho e, desde muito pequeno, 5 anos, o pai o forcava a situacoes meio que assustadoras, quando em uma ocasiao, o pediu para ir buscar a sua carteira em casa, a qual havia esquecido e, a casa ficava a 3 quarteiroes dos supermercado.
O pai, que abandonou o seminario, onde seria padre, teve um comportamento ausente, deixando sua mae com a carga sozinha da educacao.
Meu marido comumente usa frases do tipo - voce nao e nada sem mim - voce e incapaz de fazer qualquer coisa - voce nao e inteligente, etc.....
ele sempre me fere verbalmente.
Seria ele misogeno?

rogerio almeida disse...

Acho que sou um desses homens , e preciso de ajuda. tento me controlar mas nao consigo, o que faço por favor, preciso me tornar melhor antes que isso acabe com meu casamento.

Anônimo disse...

Olá, namoro a 5 anos e no começo ele era maravilhoso pra mim.. Mas depois de um tempo muitas coisas foram acontecendo e ele mudou muito. Por qualquer coisinha me xinga me humilha, e diz que quer terminar tudo. Eu cheguei em um ponto de dependência nele que não consigo me imaginar ficar sem falar com ele 5 minutos. Dói como se eu tivesse perdendo um pedaço de mim. Mas não aguento mais o jeito que ele me trata. Põe a culpa de tudo em mim e não vê um erro dele, em alguns momentos ele percebe oque ffaz e pede desculpas, mas a maior parte é só me xingando. Hoje brigamos e ele terminou cmg.. Eu sou muito fraca e não demorou muito pra mim estar correndo atrá.. Eu não sei oque fazer. Não consigo deixar ele porque sou apaixonada por ele. Mas não aguento mais isso. Eu só quero quem eu conheci de volta.

Anônimo disse...

Bom dia, o que estou vivendo no momento nem sei se se enquadra bem nesse termo, mas e algo mais ou menos parecido, conheci em outubro de 2014 ele, um cara super simpatico malhado, educado, inteligente, desde o principio me tratando bem me chamando de anjo e eu claro me sentindo nas nuvens, achando que tinha encontrado meu principe...Mas ai na segunda semana, ele simplesmente resolve me ignorar r algo que nem lembr de ter feito, ai não atende o celular, não respondi msgs e nem e-mail, ai eu pesnei em tudo que haviamos conversado pra lembrar se falei algo que tivesse magoado, sem lembrar comecei a mandar e-mail me desculpando. Ai voltou tudo as boas, depois de uns dias novamente, e ai isso vem persistindo desde outubro eu me desculpo peço prdão e ele fica um doce por uns 2 u 3 dias, derrepnte ele assim do nada desaprece me deixando angustiada, me ignorando, me tratando como uma ninguem, ele me parece ser uma pessoa bipolar, semana
passada fiz algo que não deveria, mas eu estav tão desesperada pra saber algo dele, eu mandando e-mail e msgs e ligando e não tendo resposta ai no desespero eu ligo no trabalho, foi a pior coisa que eu poderia ter feito, ele atendeu mas disse que não poderia falar por que tava no trabalho, mas ficou de ligar assim que saisse, não ligou obvio que ele não ligaria e no utro dia que foi sabado me mandou um e-mail me dizendo um montde de coisas, que eu desrespeitei, que eu não tenho noção das coisas que ele não mistura trabalho e a vida pessoal, eu entendo tudo isso e nunca ligaria, mas se em outro horario ele tb nã atende, quando eu li aquele e-mail me subiu um calorão, ate achei
que ia ter um enfart fiquei com tanta raiva, que escrevi um montde de coisas, mas antes de enviar, eu pensei melhor e resolvi não enviar resolvi ignorar assim como ele faz comigo, eu fico mal, choro, não consigo me alimentar direito, fico so pnsando nele, e agora se ele não faalr mais comigo eu gosto muito dele, to desesprada, o q fazer por favaor uma luz. Laura

Denise disse...

Hoje encontrei esse texto " por acaso". Veio a resposta que sempre busquei para uma relação que tive e tento me desvencilhar dela. Obrigada, foi muito esclarecedor.

Anônimo disse...

Me chame apenas de Body. Não sei se o que estou passando pode ser misógino. Estou casada ha 22 anos com alguém que sempre bebeu. Achei que poderia mudá-lo com o tempo, mas isso não aconteceu.Pura ilusão, só porque ele era carinhoso e mais presente em minha vida. Ele diz que me ama, mas eu não sei se isso é amor, pois agora ele piorou. Ele passou a me esquecer em lugares distantes que são super perigosos para uma qualquer um caminhar a pé até à casa: Ele me esqueceu no trabalho. Me esque para fora de casa. Chega as sempre de madugrada. É sempre carinhoso quando retorna para casa. Faz o sexo valer mais a pena, mas eu cansei disso. Diz que não me trai e eu sei disso, mas esse comportamento de me abandonar pela bebida e amigos é insuportável. Na discusão inverte os fatos e me faz me sentir culpada por ele fazer isso. Já me pediu ajuda, mas depois ele voltou a trás. Recusou a minha ajuda e me fez parecer louca na frente da família dele. Não tenho com quem contar para ajudá-lo. Todos da família também tem o mesmo hábito de beber de foma não social. Ele não tem exemplo a ser seguido. Estou confusa. Sou vítima de seu abandono. E para completar ele está trabalhando em SP durante a semana e só retorna nos fins de semana. Na volta para casa, em plena sexta, ele dá uma paradinha no botéco para beber com os "amigos" de maneira não social e só chega na madrugada do sábado. Aos sábados e domingos e quando ele trabalha de Home Office ele dá a escapada para ficar com os alcoólatras. Sou infeliz, porque ele as vezes me quer muito, é carinhoso e há muitos momentos não sou suficiente. Estou farta dessa situação. Ele muitas vezes quer me consolar com sexo e presentes caros. Fico com raiva. Quero carrinho, companherismo na tristeza e quando adoecer. Ele está me enloquecendo. O amo muito, mas não sinto mais vontade de viver.
Se puder me dar alguma orientação, eu agradeço muito.

Edna Maria disse...

Socorrrrrrrrrro pelo amor de Deus. Email
Comcristoebemmelhor@gmail.com

Renata disse...

Agradeço de todo coração, o texto é o mais completo e passa tudo q uma pessoa pode saber, agradeço de coração. Q Deus abençõe. Mas informações por favor mande no e-mail.

Renata disse...

Renatalink1@hotmail.com

Anônimo disse...

Olá, Bom dia!

Cada dia estou buscando respostas para entender melhor o meu namorado. E após
ler esse poste, descobri respostas para todas as minhas perguntas.
Não sabia que era esse o nome que se dava para uma pessoa totalmente descontrolada,possessiva.
Estou no início do relacionamento...sei que ha tempo ainda de "cair fora" dessa e partir p/ outra. Mas por outro lado sinto uma vontade enorme de estar ao lado dele, quando se arrepende do que fez e pede desculpas.
Mas diante de tudo que li aqui, sinceramente é um caso sério a pensar, se vale a pena ou não.

Obrigada!

Anônimo disse...

Olá, Bom dia!

Cada dia estou buscando respostas para entender melhor o meu namorado. E após
ler esse poste, descobri respostas para todas as minhas perguntas.
Não sabia que era esse o nome que se dava para uma pessoa totalmente descontrolada,possessiva.
Estou no início do relacionamento...sei que ha tempo ainda de "cair fora" dessa e partir p/ outra. Mas por outro lado sinto uma vontade enorme de estar ao lado dele, quando se arrepende do que fez e pede desculpas.
Mas diante de tudo que li aqui, sinceramente é um caso sério a pensar, se vale a pena ou não.

Obrigada!

Priscilla disse...


Meu Deus!!! Até ler este texto não havia entendido, como estou a 5 anos ao lado de um Misogeno...é exatamente isso o que eu tenho passado! Vou procurar ajuda!
Não sabia mais o que fazer!!

Mais agora consigo compreendê-lo e também consigo entender como tenho suportado tudo isso!

Priscilla disse...


Meu Deus!!! Até ler este texto não havia entendido, como estou a 5 anos ao lado de um Misogeno...é exatamente isso o que eu tenho passado! Vou procurar ajuda!
Não sabia mais o que fazer!!

Mais agora consigo compreendê-lo e também consigo entender como tenho suportado tudo isso!

Lipe disse...

E quando tudo isso acontece em um relacionamento homossexual entre dois homens, como seria chamado? Obrigado!

Lipe disse...

E quando tudo isso acontece em um relacionamento homossexual entre dois homens, como seria chamado? Obrigado!

Anônimo disse...

ótimo texto e tema! Triste perceber que pela segunda vez estou passando por isso e o padrão se repete. Procuro pelo mesmo homem inconscientemente. Percebo que enquanto não resolver alguns problemas sérios emocionais que perduram da infancia e que envolvem família, não vou escapar desse círculo vicioso que eu mesma me coloco.

Dhy disse...

Gente! O artigo mostra direitinho como e viver com um cara assim, passei por todas essa situações, e quanto mais vc procura ajuda, parece que piora, ja estou 3 meses separadas, ele me chamou pra voltar, mas não voltei, o tempo que vivi com ele, ele me transformou em simplesmente um lixo. Uma tortura psicológica que ninguém merece. Ainda gosto dele, estou sozinha, mudei de estado, mas vou superar.

marlene lira disse...

Realmente existi este tipo de homem... Tudo que a Adriana falou realmente aconteceu comigo..conheci um idiota que falava coisa que eu cheguei a pensar que eu estava errada..mas não era eu e sí ele mesmo esta agindo diferente eu tentei ser a mulher sincera mas ele sempre veio colocar culpa em cima de mim..melhor ficar sozinha que mal acompanhada..lol

Amália Mendes disse...

Parabéns pelo texto. Trata com muita inteligência uma problemática que causa sofrimento em muitas relações por este mundo fora. Causou-me, pessoalmente, algum espanto, o opressor não sentir emoções. Mas faz todo o sentido esta ausência de sentimentos/emoções se atendermos o contexto sócio-familiar de ambos na infância. Sem dúvida que a infância influencia-nos pela vida fora. Obrigada pela partilha, tenho a certeza que as suas palavras serão o impulso necessário para muitas mulheres recuperarem a alegria de viver!

Anônimo disse...

Estou a ponto de ter um ataque. A meses venho tentando salvar meu casamento de 10 anos, mas parece que todo o meu esforço tem sido inútil. Eu amo meu marido mas ele é uma pessoa extremamente insegura e desconfiada. No inicio eu pensava que era ciumes mas depois percebi que era algo muito além disso. Ele não aceita que eu tenha amizade com pessoas solteiras, não aceita que meus parentes "homens", como tios e irmãos venham em nossa casa quando ele não está. E desconfia de qualquer ligação ou mensagem que eu receba. Vive vasculhando minha caixa de email e meu watsap. Eu não me importo porque não tenho nada pra esconder. Mas me sinto mal com tudo isso. E o pior é que ele está longe de ser um marido atencioso, carinhoso e presente. Por incrível que pareça, mesmo agindo assim, ele nunca foi um marido amigo ou companheiro. Eu já tentei de várias formas fazer ele intender o quanto isso nos prejudica mas é em vão. Não sei mais o que fazer. Será que eu devo desistir? Será que meu casamento não tem como ser salvo?

Anônimo disse...

ola eu sou casa a um ano tão pouco tempo mais ja ta me trazendo dor de cabeça bom tento fazer tudo certinho ele não reconhece so me chama de cachorra vadia fica falando indiretas como se tivesse gorda, fica me diminuindo me deixando mais baixa do que o chão ja nao suporto eu amo ele mais estou cansada de ficar chorando por as atitudes dele.
sou erica obrigado

Anônimo disse...

Prezada Adriana, quando li seu texto foi como um raio X da minha vida inteira. Estou perplexo, em prantos, me identificando como misógino aos 39,4 anos. Tenho uma filha linda de 10 anos com minha atual esposa, estamos juntos há 14 anos e estou procurando ajuda para não perder meu segundo relacionamento. Eu a amo, quero fazê-la feliz e agora vejo claramente a fonte de todo nosso sofrimento. Também tenho um filho de 18 anos do primeiro relacionamento, que obviamente desapareceu devido todos os traços relatados em seu texto. Inclusive as razões que explicam porque sou misógino. Estou em prantos, escrevendo que reconheço agora que inconscientemente odeio a mulher que conscientemente amo inclusive o histórico de oprimido e rejeitado pela mãe ao lado de um pai passivo. Vou agora mostrar esse texto pra ela, minha pessoa maravilhosa que tanto magoei nos últimos 14 anos. Muito obrigado Adriana, salvou a minha vida. Ainda tenho esperanças de resgatar o meu relacionamento com a pessoa que amo.

Monstrinho de Minas disse...

Interessantíssimo.... Pouco tempo de relacionamento e percebi que algo não estava "normal". Eu sempre sou a culpada.... Ele é 14 anos mais velho que eu e nossa história não é tão legal assim.... Moramos numa cidade relativamente pequena onde a maioria sabe quem é quem. Eu vim da cidade grande. Quando saímos juntos, ele faz questão de me mostrar quem ele já "traçou" (bem pejorativo mesmo), quem o queria e não o teve e QUEM ELE VAI PEGAR CASO EU CAIA FORA. Vive me falando que "é o cara, o pegador". Se insinua pra outras mulheres estando perto de mim e quando o questiono a respeito, eu sou a LOUCA, a CIUMENTA... Moro na casa dele e ele usa isso contra mim: "vou logo te avisando: vai tomar (...) se não quiser mais ficar comigo. Me avisa logo porque a fila de mulher querendo estar no seu lugar é longa". Eu sei que mereço um cara que me trate com um mínimo de respeito mas acredito q por eu ser carente, eu aceite essas humilhações... e vindas de um cara que jamais deveria ter me conhecido.

Anônimo disse...

MEU NAMORADO É ISSO, UM MISÓGINO! Eu o amo mto, mas estou cansada de me sentir culpada, errada, pra baixo, ele deveria fazer o papel de homem e me fazer sentir especial e importante, ele consegue, qdo quer algo que eu faça pra ele, nesse caso vira mil amores numa pessoa só, ele é importante pra mim, alias me afastou da minha familia, sempre colocando algum defeito em alguma pessoa, me afastou das poucas amigas que eu tenho, q hoje não posso contar com ngm, faço faculdade e um curso, e qdo pego pra estudar, ele acha q é besteira e nem orgulhoso fica. Eu não sei oq faço, ele quer terminar, mas eu tenho fé em nós, somos melhores qdo estamos juntos e de bem com a vida. Ele parou de beber por uma vez ter me agredido, mas me agredir com palavras doí mais, ele me chama de vaca sempre, de filha da puta, de sem vergonha, estupida e egoista. Nossa, isso dói mto e ele não vê o qto me atinge, quando eu quero dizer algo q me aflige pra ter um dialogo, eu sou a errada, e vem todo um sermão depois de tudo isso. Ele odeia a minha mãe, mas não tira ela de nossas discussões. Eu penso em suicidio pelo fato de não ter ngm q eu possa contar, penso em sumir desse mundo q as coisas voltariam a ser melhor pra ele, e pra minha familia q eu deixo de lado. Eu só quero ter uma relação boa, saudavel, e ele me pede isso, mas qdo ele combina algo e descombina, ele fala q eu sou culpada por esperar algo dele, mas ele combinou, não sou a culpada disso. É tão dificil sair disso. Sexta vamos conversar e ver no q isso vai dar, eu penso em desistir dizendo ainda q ele é um doente e eu não sou o problema da vida dele, mas ao mesmo tempo fico pensando em como eu sobreviveria sem ele, eu choro toda noite, sou mto emotiva, me pego chorando na rua, olhando pra foto dele, e quando me olho no espelho não vejo uma mulher suficiente pra ele, me rebaixo, me sinto um lixo. Eu queria um ultima chance dele, pra mostrar q sou a mulher q vai ajudar ele e pra ver uma mudança de verdade nas atitudes dele. Eu acredito no amor!

Karen disse...

Nossa lendo seu texto parecia estar lendo minha própria história!! Vou ficar com a segunda opção pq já estou muito machucada nessa história.. agora parece que me sinto perdida no recomeço porque foi tanta pressão psicológica que nem sei como consegui suportar tanto tempo.. Ele sempre a vítima e você sempre culpada d tudo e se algo der errado na vida dele a culpa é sempre sua pq ele não reconhece seus atos..

Anônimo disse...

Bom dia! Não vou render muito mas gostaria de saber onde um homem consegue auto ajuda se esta passando pelo mesmo problema. Acho que a grande parte dos homens sofrem muita coisa calados.Porque as algumas mulheres se fazem de vitimas, e o homem quem paga o pato. E não tem a onde recorrer por causa do excesso de feministas. Vivo atualmente o mesmo problema citado no texto com a minha mulher, só que sou o agredido e não o agressor. Obrigado pela oportunidade!

Anônimo disse...

Anonima Também passo por isso há quase trinta anos, nunca achei normal tal situação, cheguei a pensar que ele fosse louco, psicopata , ect. Lendo essa matéria pude ver o que realmente ê, assim como é enorme a quantidade de mulheres que passam por isso, achava que era só comigo. Penso que uma pessoa normal não aguentaria tanto tempo isso. Será que tambêm tenho algum disturbio?

Anônimo disse...

Olá Meu nome é anna paula ,tenho 21 anos ,e estou vivendo isso a 10 mêses meu namorado tem 18 anos e quando o conheçi ,achei que ele tinha bem mais foi um perfeito cavalheiro ,muito carinhoso,e tudo mais.Apesar de sua pouca idade ele é um homem que chama muita atenção por ser muito bonito.
Bom nosso relacionamento está com todas essas características ,ele nunca assume que está errado ,fica nervoso si eu quero converssar sobre os nossos problemas ,as vezes ele ate fala em casamento tenta agir como um homem maduro, mais isso nunca da çerto pois a mesma hora que ele mi ama muito ele pareçe não mi suportar ,e terminamos e voltamos quase toda semana... Eu acho que um dos motivos de ele ser assim , e porque seu pai sempre traiu sua mãe e ensinou para ele e todos os outros 3 irmãos que mulher é algo descartável,que ele tem sim que trai que magoar agredir verbalmente ou até mais .
Estou sofrendo muito com tudo isso pois apesar di tudo eu sinto que ele reprova as atitudes do pai com a mãe e ate diz que odeia o pai ,por tudo de ruim que ja viu sua mãe pasar nas mãos dele ,sendo assim, como pode alguém odiar tanto uma atitude de alguém e fazer exatamente igual.
acredito que todos de sua família tenham esse problema os irmãos são até piores que ele ,como pessoas são ótimos mais como namorados ,maridos ,são verdadeiros montros .
quero dar uma solução para minha vida ,e acho que vai ter que ser o fim .apesar de eu gostar muito dele sei que issu nunca vai mudar ,temos que açeitar o fato di que quem tem que mudar somos nós pq a nossa feliçidade so depende de nós e o outro é so pra completar .


Anônimo disse...

Olá Meu nome é anna paula ,tenho 21 anos ,e estou vivendo isso a 10 mêses meu namorado tem 18 anos e quando o conheçi ,achei que ele tinha bem mais foi um perfeito cavalheiro ,muito carinhoso,e tudo mais.Apesar de sua pouca idade ele é um homem que chama muita atenção por ser muito bonito.
Bom nosso relacionamento está com todas essas características ,ele nunca assume que está errado ,fica nervoso si eu quero converssar sobre os nossos problemas ,as vezes ele ate fala em casamento tenta agir como um homem maduro, mais isso nunca da çerto pois a mesma hora que ele mi ama muito ele pareçe não mi suportar ,e terminamos e voltamos quase toda semana... Eu acho que um dos motivos de ele ser assim , e porque seu pai sempre traiu sua mãe e ensinou para ele e todos os outros 3 irmãos que mulher é algo descartável,que ele tem sim que trai que magoar agredir verbalmente ou até mais .
Estou sofrendo muito com tudo isso pois apesar di tudo eu sinto que ele reprova as atitudes do pai com a mãe e ate diz que odeia o pai ,por tudo de ruim que ja viu sua mãe pasar nas mãos dele ,sendo assim, como pode alguém odiar tanto uma atitude de alguém e fazer exatamente igual.
acredito que todos de sua família tenham esse problema os irmãos são até piores que ele ,como pessoas são ótimos mais como namorados ,maridos ,são verdadeiros montros .
quero dar uma solução para minha vida ,e acho que vai ter que ser o fim .apesar de eu gostar muito dele sei que issu nunca vai mudar ,temos que açeitar o fato di que quem tem que mudar somos nós pq a nossa feliçidade so depende de nós e o outro é so pra completar .


Anônimo disse...

EU TIVE UM NAMORADO QUE ERA TÃO F.D.P
MAS TÃO F,D,P QUE PARECIA SER VIADO
HOJE EU ACHO QUE ELE ERA VIADO E MISÓGINO...
...QUE O DIABO O CARREGUE...ERA UM
VERME.
DEUS LIVROU-ME DELE, GRACIAS DIO.

Anônimo disse...

Gente sou Eu, tudo isso acontece comigo sou casada a 17 anos e perdi toda minha força e estou totalmente infeliz ... por favor como faço para ter sua ajuda?? eu sempre fui o tipo de pessoa que conseguia resolver os problemas de todos a minha volta mas esse meu .... gente eu to me afundando e parece que não paro de cair e o pior eu não consigo sair
disso mesmo que com toda essa dor...eu arrumo desculpas para mim mesma para não ter que sair. me ajude por favor eu preciso e quero sair disso!!!!

lidiane Firmino Rodrigues disse...

Eu vivi com um homem assim,não deu certo a relação me separei,não suportei tanta arrogancia,ignorança,tanto ciumes em uma pessoa.

Anônimo disse...

Estou até ofegante após está leitura. Sou casada há 19 anos. Já tentei muitas vezes me separar, mas ele sempre reverte a situação, fica um doce e no outro dia volta tudo.

Anônimo disse...

De juciana Souza
Amiga é incrível e estou anestesiada como todas essas palavras !!!! Mas sem tirar nenhuma é minha vida e meu sofrimento eu amo muito meu marido mas sempre achei que ele tinha algo errado as vezes me perguntava se era um psicopata....tenho 23anos e sofro muitooo...me ajudou muito saber sobre..muito obrigada de verdade felicidades asas.…

Anônimo disse...

Olhe, o contrario do que diz o texto também ocorre. Me ex namorada, terminamos a pouco tempo. Mas eu ainda a amo. Ela no início era uma pessoa compreensiva, muito gente boa e até lidou tranquilamente com um problema de saúde que tive. Porém, depois começou com umas "brincadeiras" pesadas (acredito que estava tentandome testar, até onde poderia ir). Ignorei,as depois começou com coisas bem mais pesadas, me criticava por tudo, até se eu desse "oi". Me insultava o tempo inteiro de todas as formas possíveis, eu era tratado pior do que todas as outras pessoas que ela conhecia. Sempre comentava sobre outros homens dando a entender que eles eram melhores do que eu. Chegou a tal ponto que outras pessoas começaram a perceber.

Nunca dei motivo nenhum. Isso é o que me deixava mais perplexo. E o pior é que ela agia com total falta de empatia. Cheguei ao ponto de questionar por qual motivo ela me odiava tanto. Destinava seu pior lado a mim.

Tudo que eu falava ela tentava dar uma conotação negativa.

DANI DAMASIO disse...

eu sempre sou culpada pelas mentiras que pego, pq eu desconfio e procuro e acho e ao confrontar ele nega e depois qdo nos encontramos ele diz q sm fez porque quis e ai chora, faz drama, joga chave diz q não da mais e que preciso me tratar
dois anos.

Beth Cris disse...

Bingo !! Descobri o que meu namorado é depois de tanto tempo... Muito dificil isso viu... As vezes não dá pra suportar, talvez o certo seja separar mesmo.

alcione moura disse...

Olá! Bem, ainda estou tentando digerir as palavras do post. É estranho, parece que está falando do meu marido, cheguei a sentir vertigem. Estou num processo complicado de tentar acertar as coisas através da separação, ou melhor dizendo evitando ver meu marido o máximo possível. Cheguei a um limite, já não consigo mais ouvir as mesmas estórias contadas por ele, manipulação de sentimentos, humilhação, descaso... Vendo esse texto, me senti pequenininha e sempre fui ousada, livre, otimista e independente. Hoje sou medrosa, triste, tímida, insegura... É difícil imaginar um relacionamento sadio com ele, descobri que estava sendo manipulada quando ele me culpou por bater o carro, detalhe: ele estava sozinho. Disse que estava irritado comigo o que fez ele perder a atenção e bater no carro da frente e por pouco cheguei a acreditar que realmente tinha culpa disso. Mas espera, eu não estava lá, ele não estava falando comigo no celular, não fiz nada para ele sentir raiva, então porque sou a culpada?? Não é fácil perceber o quanto sou frágil em relação a ele, realmente me deixo manipular, pois tive várias oportunidades de sair, mas fiquei. Valeu, vou buscar ajuda. Obrigada.

Anônimo disse...

Oi boa noite preciso muito da sua ajuda, tenho um relacionamento de quinze anos, namoramos quatro e casados onze tenho duas crianças de 10 e 5 anos.
O nosso relacionamento sempre foi muito conturbado ele é muito ciumento mas quando namoravamos vivia me traindo e eu idiota novinha o aceitava de volta dai engravidei e me casei.
Ele sempre sai com os amigos sozinho bebe nao me deixe ver extrato de banco nada e vivi dizendo q estou traindo ele com um ciumes insuportável antigamente me subimetia a ele pois dependia não trabalhava mas agora a quatros anos atras comecei a trabalhar e não me submeto a ele bato de frente e ele não aceita.
Vive me sondando revira minhas redes socias e eu fico com meus filhos direto onde vou to com eles so no trabalho q nao da, começou a implicar com minha rede social de uma tal forma q não aguentava mais e resolvi cancelar criei uma nova não ativo homens tirei todos os códigos de aplicativo e tudo mais e mesmo assim esta sempre me xingando mas qualquer briga q temos ele vai add varias mulheres sai sozinho e chega me culpando xingando da ultima vez, bati firme e disse q ia me separa quando viu q era verdade chorou disse q estava com depressão o aceitei dai foi trabalhar e nao voltou apareceu no outro dia dizendo q tinha dormido sozinho num motel eu não acreditei mas aceitei, daquele jeito mas não discuto fico quieta, pois achei q ele tava com algum disturbio mas sei la se e sem vergonha so sei q ta difícil pra mim ele apronta age como se fosse normal e ainda me culpa por isso não sei o q fazer preciso de ajuda. Ele sempre foi assim com motivo ou sem motivo nao gosta q me arrumo q passo baton q me visto bem q tenho amigas q trabalho implica ate quando passo perfume.

Anônimo disse...

Boa noite! Não li por completo, por estar meio perturbada neste momento, por ser abandonada por inúmeras vezes, já até perdi as contas, de me sentir um lixo humano, acabada, sem chances na vida... Enfim, realmente procurei por relacionamentos destruidores que acabam com a auto estima e abri essa página e logo me identifiquei.. Quero pesquisar a fundo pois vivo exatamente nessa situação e nunca vi palavras tão claras de que realmente pode ser uma doença e que pode ser tratada. E ainda duvido, será que tenho salvação?

Divania Martins Lisboa disse...

... ele pode ter tido uma mãe que o oprimiu ou rejeitou, ao lado de um pai passivo...

Divania Martins Lisboa disse...

... ele pode ter tido uma mãe que o oprimiu ou rejeitou, ao lado de um pai passivo...

Anônimo disse...

Prezada Adriana, gostaria de informar as novidades. Tinha postado aki "Prezada Adriana, quando li seu texto foi como um raio X da minha vida inteira. Estou perplexo... ...salvou a minha vida. Ainda tenho esperanças de resgatar o meu relacionamento com a pessoa que amo." pensando que meu problema era ser um misógino. Eu fui atrás de especialistas e fui diagnosticado com síndrome de asperger. Obrigado.

Anônimo disse...

Fui realmente criada muito inocente por meus avós e casei cedo e fui traida pelo ex com meu irmão. ..tentando buscar minha alto estima fui viver e aí que tudo piorou,na academia malhando fazendo faculdade conheci o homem que pensava ser o melhor homem do mundo...sofro a 4 anos com essas oscilações e ja tinha tentado suicídio achando q eu era a culpada...baixa estima e agora descubro que ele e um misógino!!

Isabella Bela disse...

Oi eu sou Isabella eu vivo tudo isso em que vc descreveu o que faço socorroooo

Isabella Bela disse...

Então eu vivo tudo isso o que eu posso fazer é como si ele tivesse duas personalidades ele é tudo isso que vc descreveu socorrooo...

Isabella Bela disse...

Então eu vivo tudo isso o que posso fazer é como si ele tevessi duas personalidades ele é tudo isso que vc descreveu socoroo..

Isabella Bela disse...

Então eu vivo tudo isso o que posso fazer é como si ele tevessi duas personalidades ele é tudo isso que vc descreveu socoroo..

Isabella Bela disse...

Então eu vivo tudo isso o que fazer é como si ele tevessi duas personalidades ele é tudo isso que vc descreu socoroo...

Anônimo disse...

Nossa paresce o que vovo as fezes hoje discutimos dai ele quiz me enforcar tentou cuspir na minha cara e disse que tem nojo de min estou arrasafa pois tenho 2filhos com ele e somos casados a11anos mas ele e bom so que fica me humilhando naodeixa eu trabalhar eu nao tenho amigos e ele nao gosta de estar com minha familia bom ok devo fazer?

Anônimo disse...

Ok devo fazer?

Angela Maria disse...

Vivo uma vida assim não sei o que fazer.

Angela Maria disse...

Vivo uma vida assim não sei o que fazer.

Fernanda disse...

Estava buscando conselhos pra me separar e me deparo com seu blog falando dessa 'coisa' estranha de misogino e vi q meu esposo eh assim. E eu me sinto exatamente como vc descreveu. E estou justamente na fase de escolha entre as 3 opções. Não quero me separar e ele tb não. Tentei ligar pra sua clinica mas nao consegui. Eu decidi nao desistir do casamento e procurar ajuda. É incrível tb como parece bipolaridade, pq ele eh um principe,mas muda em questao de minutos...
Deixei recado no g+ pra vc :)
Fico no aguardo de teu retorno!!!
Beijos!

Anônimo disse...

Estou pasma, vivo isso a 10anos e muito sinceramente estou esgotada de tanto maltrato principalmente psicológico, por vezes até esqueço o que na verdade aconteceu. Cansei e acho que será o fim

Anônimo disse...

Olha... Acaabo de encontrar as respostas para os meus questionamentos

mara disse...

Passei por tudo isso e tô na fase do desapego mas ele ainda quer chance me ajude mande seu email o meu e sandramara0731@hotmail.com

Anônimo disse...

Passei por isso! Sofri muito, tomei a decisão de deixa-lo sem olhar pra trás! Hoje sou muito feliz e realizada em todos sentidos! Ele ainda tenta me provocar com outras mulheres fala mal de mim mente sobre mim tudo porque foi eu quem o deixou e não voltei mais. Ele teve outros relacionamentos todos frustados, o mais ridiculo eh que pra todas ex dele ele fala mal de mim! Mente q tenho inveja
Delas, que eu sinto raiva por elas estarem com ele, ele fala que nao volta mais pra mim, zomba da minha estrutura fisica, mostra mulheres que esta tendo relacoes sexuais. Antes eu discutia hoje ignoro! Bloquiei ele em tudo na minha vida! Mas ele continua a falar mal de mim e o pior as atuais e ex dele caiem nas pilhas acreditam nele como se tudo realmente fosse verdade" mas não eh!

Anônimo disse...

Gente...vivo isso a 10 anos!!! Tenho 26 anos e me sinto com 60...sem forças! EU NÃO AGUENTO MAIS ISSO, MAS NÃO CONSIGO ME LIBERTAR! SEI QUE DEPENDE DE MIM, MAS NÃO TENHO FORÇAS! PELO AMOR DE DEUS....ME AJUDEM MENINAS! ESTOU A PONTO DE ENLOUQUECER! elizabethbarcelos_@hotmail.con

Anônimo disse...

Bem, me casei com 19 anos com o cara que achei ser o homem da minha vida. Na primeira semana de casamento ele mostrou traços de agressividade, mas, perdoei e assim continuamos. Em sete meses de casamento não possuo mais uma gota de autoestima, autoconfiança ou vontade de viver. O fato de acordar viva me irrita, sei que é mais um dia para ele me fazer sentir um lixo. É uma tortura psicológica onde sou a culpada por exatamente tudo o que ele faz de errado, o que ele não consegue fazer ou que da errado. Vi nele um porto seguro, e pensei que o relacionamento me curaria. Apesar de ter consciência sobre tudo, todos os xingamentos, insultos, ele começou a me bater. Estou a mais ou menos 4 mil quilômetros dos meus pais. Fugi de casa, ele foi atrás de mim e sempre com a desculpa de mudar. Minha sogra tem consciência do que vivo mas me joga sempre o papo de que continuar que vai dar certo. Porém, embora ela goste de mim sei que o filho dela sempre estará certo e que ela é cega para perceber o mal que ele me faz. Meus dias são de choro intenso e de ouvir que sou feia, gorda, que só sirvo para sexo, que sou a pior pessoa do mundo, que minha morte seria um favor, entre outras. Depois disso o mesmo papo de mudar, desculpas, mas, claro, a "culpa é sua você é louca, fraca e etc". Não fui embora ainda porque a faculdade que curso é anual e ainda não acabou o ano... Não sei o que fazer e quero me separar. Porém, assim como não aguento esta relação não suportaria a opinião das pessoas de onde moro pelo relacionamento não ter dado certo. Me sinto fraca, e de mão atadas para minha situação. Tenho nojo e o amo. Mas, tenho consciência que não me faz bem e que preciso sair dessa... Não sei como vou me recuperar dos danos causados, mas preciso.

Anônimo disse...

Bem, me casei com 19 anos com o cara que achei ser o homem da minha vida. Na primeira semana de casamento ele mostrou traços de agressividade, mas, perdoei e assim continuamos. Em sete meses de casamento não possuo mais uma gota de autoestima, autoconfiança ou vontade de viver. O fato de acordar viva me irrita, sei que é mais um dia para ele me fazer sentir um lixo. É uma tortura psicológica onde sou a culpada por exatamente tudo o que ele faz de errado, o que ele não consegue fazer ou que da errado. Vi nele um porto seguro, e pensei que o relacionamento me curaria. Apesar de ter consciência sobre tudo, todos os xingamentos, insultos, ele começou a me bater. Estou a mais ou menos 4 mil quilômetros dos meus pais. Fugi de casa, ele foi atrás de mim e sempre com a desculpa de mudar. Minha sogra tem consciência do que vivo mas me joga sempre o papo de que continuar que vai dar certo. Porém, embora ela goste de mim sei que o filho dela sempre estará certo e que ela é cega para perceber o mal que ele me faz. Meus dias são de choro intenso e de ouvir que sou feia, gorda, que só sirvo para sexo, que sou a pior pessoa do mundo, que minha morte seria um favor, entre outras. Depois disso o mesmo papo de mudar, desculpas, mas, claro, a "culpa é sua você é louca, fraca e etc". Não fui embora ainda porque a faculdade que curso é anual e ainda não acabou o ano... Não sei o que fazer e quero me separar. Porém, assim como não aguento esta relação não suportaria a opinião das pessoas de onde moro pelo relacionamento não ter dado certo. Me sinto fraca, e de mão atadas para minha situação. Tenho nojo e o amo. Mas, tenho consciência que não me faz bem e que preciso sair dessa... Não sei como vou me recuperar dos danos causados, mas preciso.

Anônimo disse...

Parabéns pelo texto.
Estou passei por tudo isso, já chorei muito e ainda choro, mas hoje eu choro lutando contra esse sentimento de amor que ainda tenho por ele, mas graças a Deus exatamente hoje fazem 1 semana que larguei tudo.... Esta sendo uma batalha a cada dia para eu não ter recaída.
Hoje não consigo buscar ajuda de algum especialista pois estou desempregada por eu ter acreditado que aonde eu estava trabalhando não era futuro so pelo fato do meu chefe ser um amigo meu, então fui deixando de ser uma funcionária exemplar para um funcionária ruim, até o ponto que eu saí da empresa dizendo que eu estava passando por problemas pessoais e não tinha condições de trabalhar... Fui apoiada pelo meu marido, lamentável.
Bom enfim, Estou tentando me libertar com todas as minhas forças e espero que minhas forças não se percam no meio do caminho, quero ganhar essa batalha dentro de mim.

Obrigada
Larissa
larissa.ftorres@hotmail.com

Anônimo disse...

Sei que esse comentário é antigo, mas ainda assim tenho esperança de resposta. :)
E quando a mulher sofreu abuso sexual na infância pelo primo? Influencia?
Eu estou num relacionamento como descrito, mas me acho quase que totalmente culpada. E acho que por isso, meu namorado é assim. E me acho realmente infantil.

Eli Davies disse...

Oi
Estou aqui chorando lendo seu depoimento. .. eu estou na mesma situação. .. Como você está agora?

Anônimo disse...

Boa noite, estou numa relação e identifiquei algumas das características acima no meu parceiro, tenho sofrido muito, pois ele tem mudanças de humor e quando isso acontece diz coisas horríveis que me magoam muito. E de repente ele volta a ser carinhoso e afetuoso, é como se em um momento me amasse e no outro me odiasse. Não sei se ele é misogeno, ele mesmo já me disse que as vezes sente que nunca vai conseguir ser feliz, que tem uma tristeza muito grande dentro de si. Quando ele tem essas "crises" de mal humor tenho vontade de sumir. Não sei o que fazer, se vale a pena lutar por essa relação. Pode me dar alguma dica ou conselho, sei lá!? :(

Anônimo disse...

Estou desesperada, pois estou vivendo uma situação assim. Vivo com medo dele, pois em qualquer discordância briga comigo. As vezes quando estou dormindo eele esmurrar a cama pra me acordar e ainda dá tapas no próprio rosto. Se for contrariado faz um monte de ameaças, chuta e quebra as coisas. Tenho vivido num cárcere privado, onde não tenho direito a sair ou visitar minha família e, no máximo só se ele for controlando o horário que vou ficar. Com tudo o que faz sei que não o amo mais... Olho para nossas fotos recentes e sei que estava imensamente feliz.
Por ele abri mão do meu emprego de 10 anos, do meu apto q eu mantinha e minha independência. Deixei o Rio de Janeiro pra morar em Cachoeiras de Macacu. Aqui me sinto sozinha e com muito medo.
Sei que ele não procurará tratamento e se eu falar sobre esse artigo com ele, terei problemas sérios.
Agora desempregada, sem ter pra onde voltar, com a crise financeira sei que não vou conseguir arrumar emprego, mas ainda assim tenho tentado.
O que devo fazer? Penso até em me matar pra ter paz...
Ao menos aqui consegui entender o que está acontecendo e, ao mesmo tempo desabafar.

Anônimo disse...

Nossa! Estou vivendo exatamente isso...
Chorando aqui pq agora sei q não estou louca.

Anônimo disse...

Iuuu
Eu vivo um casamento assim... Na mesma HR q ele está dizendo q me ama,ele já diz sentir ódio, q não me suporta...ele diz q eu casei com ele pra trair e fazer ele de palhaço e idiota... Eu fiz de tudo pra ele entender q isso tudo q ele faz comigo é loucura da cabeça dele... Lutei tanto pra salvar a relação, mas ele agora quer separar de mim e ainda disse q vai ficar na casa comigo até a q seria nossa ficar pronta... E se não estou enganada, ele já tá arrumando outra...nunca pensei q fosse passar por isso um dia,amar, me entregar totalmente, até meu emprego deixei por ciúmes dele... Fiz tudo pra ficar com ele ....queria sumir

Alice disse...

Eu to sofrendo meu namorado me ama da carinho,me faz sentir uma rainha me mimá e aí me acordo feliz faço tudo pra agradalo aí ele me liga pergunta se to feliz e diz que me ama muito e não quer mais,ele me ama e me maltrata com palavra,e depois ele vem atrás denovo e diz que a culpa é minha sem eu ter feito nada além de amalo,me ajudem to muito mal

Alice disse...

Eu to sofrendo meu namorado me ama da carinho,me faz sentir uma rainha me mimá e aí me acordo feliz faço tudo pra agradalo aí ele me liga pergunta se to feliz e diz que me ama muito e não quer mais,ele me ama e me maltrata com palavra,e depois ele vem atrás denovo e diz que a culpa é minha sem eu ter feito nada além de amalo,me ajudem to muito mal

Monique Da Silva disse...

Eu me identifiquei muito com essa situação, mas minha relação é homossexual, além de tudo, conta com a ameaça de suicidio, caso eu termine... Tenho medo, e além de tudo, o pai dela se suicidou recentemente, passou de uma vida financeira alta, para uma bem baixa, sua família está em guerra pela herança do pai, e pra piorar, descobriu um câncer... Eu amo ela, mas infelizmente está insuportável esta relação, não sei o que fazer...

Ana Paula disse...

Um misógino pode partir para a agressão física?

Ana Paula disse...

Um misógino pode partir para a agressão física?

Anônimo disse...

Bom dia o que eu devo fazer para o meu marido para de me chigar etc

Unknown disse...

E pq os homens mudam depois q a mulher engravida?? Tem gente q fala qve pq estamos sensível, mas a mulher sabe sim quando ele muda ,do nada 😔😔😔

Unknown disse...

E pq os homens mudam depois q a mulher engravida?? Tem gente q fala qve pq estamos sensível, mas a mulher sabe sim quando ele muda ,do nada 😔😔😔

Cris disse...

Meninas, como é difícil isso! Acabei um casamento de 2 anos, pois não aguentava mais o que ele fazia comigo...Tinha uma vida boa, me sentia bonita,estava buscando minha realização profissional... Conheci ele e realmente achei ele um Deus. Fazia tudo que queria,muito carinhoso, amoroso e gentil. Com o passar do tempo tivemos poucas brigas no namoro. Até chegar ao casamento...começaram as ofensas e muitas agressões. Quebrou uma mesa, meu computador, retirou todos os trincos das portas, para que eu não me escondesse de forma alguma. Me humilhava, falava que nem para esposa eu servia. Mas depois tudo passava e era super carinhoso. Sem contar que tinha medo de denunciá-lo, pois ele fazia um teatro, falando que eu era a culpada de tudo de ruim entre a gente. Ele era completamente estranho com a família. Não sentia vontade e nem saudade de estar com eles e ao mesmo tempo me impedia de ver os meus... se sentia ameaçado pensando que estava jogando contra ele... era uma oscilação de amor e ódio ... de carinhoso a montro. Ele se transformava na hora da ira,sempre quando era contrariado ou quando falava algo para ele que não gostava. Ele se transformava, até sua feição era de algo muito ruim... Enfim, está sendo muito difícil ter que me reerguer,estou começando do zero.Mas Deus está comigo me dando forças... Incrível que ele nem se abala.Se acha o Sr. Correto e muito menos acreditaria em uma doença. Hj lendo este post, consigo entender o pq dele ser assim. Pois o pai era alcoolatra e era muito agresivo dentro de casa. Li muita coisa a respeito, e pude ver que isso não tem cura, a não ser que a pessoa queira mudar, um tratamento. Saí dessa ainda sem consequencias maiores, pois tinah medo de adoecer perto dele.Que vcs tenham força tb pq nada justifica ficar ao lado de um relacionamento doentio desses.

Anônimo disse...

Nossa! Muito esclarecedor para mim. Parece que o texto estava descrevendo o meu namorado. Ontem eu terminei o relacionamento pela terceira vez. Não foi por falta de conversar, não foi por falta de tentar mostrar o que não estava funcionando entre nós. Eu reconheço a minha parcela de culpa nisso tudo, pois como foi dito no texto, não estabeleci limites no início do relacionamento. Eu pensava "Ah! Ele tem um temperamento difícil. Se eu me comportar da mesma forma, não haverá entendimento." Mas, com certeza, eu "perdi a mão" da dose dessa tolerância, compreensão. Está difícil agora. Ele está enviando diversas mensagens para mim. Embora diga que quer mudar, que pede perdão, mesmo assim não perde a oportunidade de me culpar pelo mal que ele está passando. Eu ainda gosto dele. Como diz a música do Toquinho "Pois os momentos felizes tinham deixado raízes no seu penar. Depois perdeu a esperança, porque o amor também cansa de perdoar." Pois é, cansei, e não tenho mais ilusões ou esperança para essa história. Eu quero apenas ser forte para me manter nesse novo caminho, para me reencontrar. Obrigada, Adriana! Pelo texto e por esse espaço para nos expressarmos. Meu nome é Valéria :)

Anônimo disse...

Boa noite!meu marido e assim e o pior que depois do nascimento da nossa filha á 3 meses piorou muito!e alem das ameaças e palavras ofensivas passa o dia no celular assistindo pornô e tem a cara se pau de dizer q nao assiste tenho medo de separar e ele
Fazer algo se ruim para minha família ainda diz q se for embora leva nossa filha junto n sei o q fazer obrigada

Thaila Kerolin Tkstaurus disse...

Tenho
vontade de morrer todos os dias.

Thaila Kerolin Tkstaurus disse...

Tenho vontade de morrer

Anônimo disse...

Foi muito bom ler o texto!bjss

NAYARA OLIVEIRA disse...

ola tenho 23 anos estava procurando uma ajuda na internet e apareceu esse blog que foi de muita ajuda pra mim pois tambem vivo um relacionamento assim e tenho certeza agora que meu marido (sou amigada) é um misógino ja fui agredida varias vezes terminamos 3 vezes e fui pra casa da minha mae mas agora nao posso contar com minha familia pois acham que sou safada que gosto dessa situaçao oque na verdade nao é pra piorar moro em cima da minha sogra e ela sempre
acredita nele e quando fala algo pra ele é por se preocupar com oque os vizinhos tao falando,é uma situaçao muito dificil eu nem trabalho por causa de tanto ele falar que eu ia dar mole pra outros caras eu nunca o trai e descobri a pouco tempo que no começo do namoro ele ficava conversando com outras na internet mas nao me traiu pq as mulheres nao quizeram nada com ele.nao tem um dia que ele nao brigue comigo me humilhe me oprima se eu tento falar oque eu penso disso ele se altera e parte pra agressao e fez questao de falar pra mim quando tentei falar que motivo nenhum ele precisava ficar explosivo e me agredir ,que eu sou culpada dele agir assim mas ele reage assim sem eu fazer ou falar nada fico sem entender fico confusa eu emagreci 4 quilos e nao consigo voltar no peso normal eu to pessima nao sei oq fazer e se eu for mostrar esse texto do blog pra ele,ele ira dizer que eu prefiro procurar na internet falar com as pessoas sendo que nao tenho ninguem pra conversar do que falar com ele,que isso tudo é baboseira ele me disse uma vez que acha ridiculo conversar com Psicologo com uma pessoa estranha que ela tambem tem defeitos,nao to mais aguentando isso mas eu gosto dele mas nao queria gostar mais queria sumir com esse sentimento. Nós brigamos muito tambem pq ele é possesivo tenta me controlar mandar no meu jeito de ser e no jeito como faco as coisas e eu nao aceito isso... preciso de ajuda pois nao suporto mais me identifiquei com esse blog e os desabafos das outras mulheres que tambem passam ou passarao por isso. obrigada gostei muito do texto e ja me ajudou um pouco

Anônimo disse...

Olá ,nunca entendi direito o q acontece com minha relação ,sou casada a sete anos ,e passo por tudo isso ,já fiz terapia e ele tbm ,nunca tinha ouvido falar nesse distúrbio se podes chamar assim,gostaria de ter tido o entendimento antes para não ter sofrido tanto .
Obrigada

Gisele Imóveis disse...

De fato muito bom e esclarecedor.obrigada.

moema disse...

Doutora Adriana......você teria alguem para me indicar em Natal? Tenho um companheiro Misógino e estou disposta a continuar o relacionamento desde que nos tratemos.....agradeço a indicação. Moema

agradecida ! disse...

Obrigada,é isso que eu vou fazer !

agradecida ! disse...

Obrigada,é isso que eu vou fazer !

Anônimo disse...

Quao me encaixo perfeitamente, quanto me perdí de mim mesma, sofro como una crianca sem país a procura de amor....cheia de dor w sofrimento na situacao so sei chorar desesperadamente e me sentir culpada e presa num relacionamento que nao sei como sair...

Anônimo disse...

Nossa li tudo mas e ao contrario na minha relaçao minha esposa me trata mau e eu que fico medindo as palavras para não brigarmos e manter a relação
O que eu faço?

Luiza brandão disse...

me sinto tão feliz por ter encontrado essa matéria!!!era o que eu estava proucurando, pois também passo por essa situação!!!preciso de terapia, já me sinto adoencendo!

Cintía Hoch disse...

Olá preciso relatar uma coisa aqui para vocês tenho um namorado que quando conheci ele ele tinha 18 anos agora esse ano vai fazer 20 eu e ele em março completamos 1 ano de namoro e eu quando conheci ele eu estava com 21 esse ano farei 23 anos meu relato vai ser grande mais preciso de ajuda namoramos a distância bom como ele é agricultor ele junta dinheiro para vim me ver e quando ele vem me ver ele fica para pousar dormir aqui em casa . Então ficamos quase 1 mês sem se ver ele vem quase finais dos meses mas dessa vez terei uma experiência com ele ,ele ficara aqui em casa morando comigo por dois mês porque ele ira tirar a carteira de motorista ! Então no início do nosso namoro ele me ligava de 5 minutos em 5 minutos me mandava áudios cantando dizia que me amava queria casar comigo queria que eu conhece se seus pais que ele queria coisa séria comigo eu sou a primeira namorada dele que ele apresenta pra familia e tudo ele nunca namorou, ele dizia que não gostava de brigar comigo ele demonstrava amor e carinho por mim ele ate chorava quando eu dizia para ele que um dia ele seria um pai maravilhoso ele toda hora me procurava me abraçava e me beijava e dizia que me amava de um tempo para cá ele mudou muito ele agora não diz que me ama se eu não digo para ele ele agora fica furioso comigo de uma hora para outra quando vou fazer carinho no rosto dele ele vira a cara ,se eu brinco com ele ele ja se irrita e me empurra diz para eu sair de perto diz para mim cair fora pega e me olha com raiva e ódio aquele olhar de amor que era de antes que você via que ele era apaixonado por mim hoje você vê raiva e as vezes ele parece fazer cara de nojo então eu nunca dei bola para isso achei que era brincadeira e ja conversei com ele muitas vezes pedi para ele não ser grosso comigo ai ele fica bravo quando falo para ele isso ja conversei com minha sogra também e minha cunhada todas ja falaram com ele mais ele continua grosso então hoje agora pouco estavamos olhando tv abraçados e do nada ele se transformou ficou bravo mandou eu ficar quieta sair de cima dele e eu ir dormir disse que se eu passasse a mão na bunda dele que eu falei que faria de brincadeira com ele para ver sua reação ele iria apertar meus dedos e quebrar sabe como doi ver quem amamos mudar de uma hora para outra e ele agora ele faz eu ficar triste com as palavras que ele fala me magoam muito manda eu a merda fala nome para mim e fica as vezes fazendo isso ou me olha com um olhar tão grande ou de ódio ou de nojo gostaria muito de saber se levo a sério essas reações que ele tem comigo ou devo levar na brincadeira? Detalhe que meu sogro quando era novo bebia muito minha sogra disse e meu sogro batia nela mais como o meu namorado nem tinha nascido ainda quando aconteceu essas coisas quem sofreu vendo meu sogro bebado foi os irmãos dele acho que porque minha sogra contou isso para ele pode ter afetado ele como diz a reportagem?

Anônimo disse...

Boa noite. Me separei a 3 meses de um homem que se encaixa exatamente nesse texto. Porém a dois dias voltamos. Estou de malas prontas pra ir ao encontro dele. Mas hoje ele voltou a ser o babaca de sempre, fiz uma brincadeira e a reação dele foi dizer o que sempre dizia: não confio em mulher, mulher é tudo igual... Palavrões e etc. Achei que ele pudesse mudar, vim pesquisar sobre homens que amam e maltratam e achei seu texto. Me ajuda. Com certeza amanhã ele vai pedir perdão, ou me fazer sentir culpada. Inverter tudo. Tenho algumas horas pra decidir. Eu tenho dó dele. Sei que nesses 3 meses sofreu muito. E eu talvez seja digna de dó também. Pois to aqui prestes a me sujeitar a uma vida dessas. Só pra não ficar sozinha. E claro por ama-lo. Eu queria saber se posso mostrar esse texto pra ele, quem sabe ele aceite ajuda, ou entenda que ele que estraga nosso relacionamento com tanto ciúmes

mara disse...

Leiam homens que odeiam suas mulheres e mulheres que os amam.
Li e tive a força de dizer chega deu não te quero mais.
Ele ficou durante 20 dias implorando falamos de tudo que eu não suportava
Mais ele melhoro muito e não me agride em palavras mas se assim o faz pq isso é doença eu no outro dia já menciono o assunto .
Foi a melhor coisa que fiz e olha são 21 anis de sofrimento .

Sara Bulhões disse...

PREZADA,

ME IDENTIFIQUEI EM TUDO O QUE VC ME FALOU. ESTOU PASSANDO POR UMA SITUAÇÃO BEM DIFICIL JA SAIR DE CASA E VOLTEI VARIAS VEZES, SINTO QUE NAO SOU MAS A MESMA A AUTOESTIMA ESTA NO MAS BAIXO GRAU.
SINTOM QUE ESTOU NUM ABISMO SEM FIM. JA FIZ DE TUDO E ATE MESMO ASSUMO A CULPA SOU SEMPRE A CULPADA TUDO PARA MANTER UMA BOA RELAÇÃO. MAS NADA O SATISFAZ E ELE NAO QUER BUSCAR AJUDA
TODOS ME MANDAM DESISTIR MAS QUANDO SE ESTA ENVOLVIDO É TAL DIFICIL
ESTOU A 4 ANOS NESTA RELAÇÃO DOENTIA PARA AMBOS, AGORA SAIR DE CASA NOVAMENTE E NAO ESTOU QUERENDO VOLTAR MAIS POR MAS DOLOROSO QUE SEJA ISSO PARA MIM.

Sara Bulhões disse...

PREZADA,

ME IDENTIFIQUEI EM TUDO O QUE VC ME FALOU. ESTOU PASSANDO POR UMA SITUAÇÃO BEM DIFICIL JA SAIR DE CASA E VOLTEI VARIAS VEZES, SINTO QUE NAO SOU MAS A MESMA A AUTOESTIMA ESTA NO MAS BAIXO GRAU.
SINTOM QUE ESTOU NUM ABISMO SEM FIM. JA FIZ DE TUDO E ATE MESMO ASSUMO A CULPA SOU SEMPRE A CULPADA TUDO PARA MANTER UMA BOA RELAÇÃO. MAS NADA O SATISFAZ E ELE NAO QUER BUSCAR AJUDA
TODOS ME MANDAM DESISTIR MAS QUANDO SE ESTA ENVOLVIDO É TAL DIFICIL
ESTOU A 4 ANOS NESTA RELAÇÃO DOENTIA PARA AMBOS, AGORA SAIR DE CASA NOVAMENTE E NAO ESTOU QUERENDO VOLTAR MAIS POR MAS DOLOROSO QUE SEJA ISSO PARA MIM.


Priscila Fernandes disse...

INFELIZMENTE EU VIVO NUM RELACIONAMENTO ASSIM, SOU INFELIZ.Penso em separação,o meu marido não me valoriza, posso estar doente o q for ele não se importa comigo.Eu penso muito no meu futuro pela frente. Só eu tenho medo de encontrar uma pessoa pior!

Priscila Fernandes disse...

INFELIZMENTE EU VIVO NUM RELACIONAMENTO ASSIM, SOU INFELIZ.Penso em separação,o meu marido não me valoriza, posso estar doente o q for ele não se importa comigo.Eu penso muito no meu futuro pela frente. Só eu tenho medo de encontrar uma pessoa pior!

Anônimo disse...

Nossa esta postagem foi o divisor de água em minha vida, não sabia como proceder e então não entendia como alguém que dizia me amar me maltratava tanto, sempre focava em meus defeitos e nunca assumia seus erros, sempre me culpava pelo seu comportamento,sofri por algum tempo, até encontrei este artigo e comecei a pesquisar queria continuar com ele, mais não foi possível eu estava ficando muito deprimida e não resistiria passar o resto da vida com aquele sofrimento; e ele não quis se tratar então eu o deixei, e hoje estou muito bem, encontrei um novo amor, que me ama, me respeita e admira estou muito feliz.

Anônimo disse...

Convivo há 7 anos com um misógino e falo com veracidade: eles nos enlouquecem mesmo! Eu adoeci, me deprimido, engordei 20 kilos, perdi totalmente minha identidade. Era muito bonita, segura de mim, mesmo sendo psicóloga, custei a identificar. Sempre achei que o problema estava em mim. Estou me separando, e ele não se conforma, quer arrancar tudo o que eu tenho é quer me ver na merda! Estou escrevendo este texto aos prantos pq tudo isso é verdadeiro. Livrem-se deste tipo de homem, eles são destrutivos demais!!!

Anônimo disse...

Oi tenho 24 anos e é a segunda relação que passo por momentos difíceis, na primeira vez o meu primeiro namorado era bem grosso e agressivo passei 7 anos e do nada percebi que não valia mais a pena, terminei e não aceitei ele de volta como das outras vezes e foi aí que ele começou a mudar mais mesmo assim não queria mais ele , com o passar do tempo eu peansando que jamais cairia de novo numa enrascada dessas , e que queria alguém bom para mim que nunca me agredisse foi aí que conheci meu namorado atual :'( no começo ele era bom eu fiquei com ele sabendo que ele estava com problemas ele estava com depressão mais se mostrava bom pra mim era carinhoso e eu fiquei ao seu lado o tempo todo de sua recuperação quando isso passou ele começou a se mostrar grosso ignorante violento comigo, só que o amo muito e não consigo desistir dele, nas nossas brigas ele faz questão de me deixar mal pra baixo bem triste ... Não consigo me abrir com ninguém engravidei dele e mesmo assim ele não quiz saber me ofendia o tempo todo e depois do nada me tratava bem e fingia que nada tinha acontecido ele horas se mostrava com odio de mim e depois que me amava e quando eu falava ele fingia que estava tudo bem...sofri e sofro muito e meu filho não suportou e perdi com 5 meses...no dia ele me prometeu que ifia ser tudo diferente mais passou um mês e voltou a ser o montro de sempre ...hj sou doente quando ele me xinga ou me agride tenho sérias crises de ansiedade tomo remédios para me acalmar e quando passo por isso ele me diz q qer q eu morra ...aí depois é carinhoso e se mostra preocupado ...Não entendo tenho q falar com um psicólogo mais não consigo dizer sobre isso cara a cara com ele ...as vezes quero desistir e deixar pra lá sou muito boa e generosa com ele as vezes axo q ele tá comigo por isso ...pois só é gentil quando quer algum favor ...Não consigo desapegar dessa vida desgracada q levo com ele... :'( :'( :'(

Anônimo disse...

Passo pela mesma coisa há vários anos. Estou exausta. Hoje mesmo, ele me chamou de escrita, FDP e apontou o dedo na minha cara, apenas porque pedi a ele que limpasse os pés no pano de chão porque eu havia acabado de passar pano na casa inteira.Estou pensando em sair de casa, mas tudo isso envolve despesas.

Anônimo disse...

Gente porfavot me ajuda eu tenho 19 anos o homem que hoje e meu marido me fez fugir de casa abandonar minha mãe minha casa minha família meu colégio tudo por que dizia que me amava era o melhor homem do mundo companheiro romântico carinhoso me tratava super bem agora tirou a máscara mostrou que realmente ele e agressivo me humilha me ofende com palavras que nos não deveríamos falar nem com um inimigo me deixa sozinha em casa ele diz que pra ele taant9 faz tanto fez estar comigo feira bem alto pra todo mundo ouvir que não me quer mais,pra eu ir embora da casa dele,que tudo tem que ser do jeito dele eu tenho que aceitar tudo calçada porque eu não tenho mais ligar pra ir minha mãe me virou as costas por causa dele nao faz mais questao nenhuma que eu volte pra casa diminuiu a casa pra fazer outra pra alugar não tem mais espaço pra mim só para o marido dela e minha irmã,hoje em dia não tenho amigas,não trabalho perdi várias oportunidades de emprego por causa dele minha vida ta um inferno ele não ta nem ai pra mim sai e some me xinga me maltrata me agride eu não posso falar nada que ele vem me agride por que eu ainda sou errada pelos erros dele O QUE EU FAÇO GENTE JÁ PENSEI EM ATÉ ME MATAR ESSA VIDA MIZERAVEL TDS ME VIRARAM AS COSTAS POR CAUSA DELE E AGR EL3 QUE TA FZNDO ISSO

Damarys Campos disse...

Ontem meu companheiro e eu brigamos. Hoje ele disse que se eu sou mulher de verdade que eu vá embora. Temos um filho de 9 meses, eu o amo. Realmente não sei o que fazer:-(

Iris disse...

Nossa ao ler esse texto eu me vi; e vi o comportamento do meu marido; tenho vontade de pegar minhas coisas e sair de casa me casei para ser tratada com carinho e respeito e esta acontecendo tudo ao contrário; lamento porque não é isso que eu sonhei pra mim foi sempre o contrário disso.

Klimalde disse...

Oi isabela sou casada a 12 anos e ah uns cinco anos pra ca ele começou a reagir desta maneira igualzinho o que esta no texto. Tambem penso da mesma maneira que vc. Nao quero desistir. Nao quero separar. Pois quando ele esta bem. Eu me torno a pessoa mais feliz do mundo.

Mari disse...

Estou passando por isso, ele mirabola situaçoes1 e explode sem motivos depois tenta me convencer que a culpa é minha e todos imaginam que ele é um Príncipe. O post me ajudou muito pois a meses tento e não consigo sair dessa relação, agora sei que o melhor é me posicionar.

Mari disse...

Estou passando por isso, ele mirabola situaçoes1 e explode sem motivos depois tenta me convencer que a culpa é minha e todos imaginam que ele é um Príncipe. O post me ajudou muito pois a meses tento e não consigo sair dessa relação, agora sei que o melhor é me posicionar.

Anônimo disse...

Adorei tanto😢estou ja dois anos nessa dor...semana passada me abri com a psycologa..è muito triste...nos amamos isso seguro..mas nas suas crises ele me odeia de um modo violento

Sam Jones Garota de Programa disse...

Boa noite, Adriana

Acabei de sair de um relacionamento deste tipo. Acabei o enfrentando, tivemos uma briga terrível e terminamos. Ainda estou sofrendo bastante, me perguntando onde foi que eu errei, mesmo sabendo que o comportamento dele estava completamente equivocado.
Tive outros relacionamentos com o problema contrário: eu era a mandona. Será que uma misantropa encontrou um misógino?!
Preciso de ajuda profissional e gostaria de saber onde você atende.
Obrigada!

Anônimo disse...

Boa noite, Adriana

Acabei de sair de um relacionamento deste tipo. Acabei o enfrentando, tivemos uma briga terrível e terminamos. Ainda estou sofrendo bastante, me perguntando onde foi que eu errei, mesmo sabendo que o comportamento dele estava completamente equivocado.
Tive outros relacionamentos com o problema contrário: eu era a mandona. Será que uma misantropa encontrou um misógino?!
Preciso de ajuda profissional e gostaria de saber onde você atende.
Obrigada!

Anônimo disse...

Olá! existe alguma possibilidade de uma mulher ser misógina? porque confesso que vi a personalidade da minha esposa descrita no seu texto. Ela age exatamente como foi descrito..maltrata, humilha, ofende, vivemos brigando e ela sempre manipula a situação a seu favor se colocando como vitima, não consigo estabelecer um dialogo com ela porque, ela não me ouve e sempre termina em briga quando tentamos nos acertar. Diz que me ama mas parece que me odeia. Se aproveita de toda e qualquer situação ou problema cotidiano para me colocar pra baixo com criticas destrutivas e sempre atacando minha auto estima. Sei que ela teve problemas na infância e no seu casamento anterior, mas tá difícil suporta-la.

Unknown disse...

Nossa! É exatamente o q acontecia com o meu relacionamento. ..parecia eu a escrever. Tomara q agora vc esteja bem. Entendi vc perfeitamente.

Sisi disse...

Nossa estou encabulada de ver descreveu meu marido todinho, 13 anos de casada 3 filhos, todo mundo diz que ele é ótimo , mas ele destruiu meu psicológico todinho , nossa que sofrimento terrível , muita dor, tristeza , tudo de ruim , me sinto uma verdadeira ameba , estou destruída e presa numa relação com 3 filhos pra criar .

Anônimo disse...

Nossa estou derrotada, acabada, 13 anos com um marido assim , exatamente como descreveu , sugou tudo de mim me derrotou, estou um verdadeiro fracasso nas mãos dele .

Anônimo disse...

Meu Deus, estou arrasada...meu marido é EXATAMENTE ASSIM!!! Temos 14 anos de relação, ele 50 anos, eu 37..ja não vejo minhas amigas, não passeio mais, faço de vez em quando um churrasco aqui em casa com a familia, faço faculdade em casa pq ele me convenceu..ele não me beija, não me abraça..mas tb não me maltrata, faz algumas de minhas vontades, mas agora tem sido raro isso acontecer...ele me mudou, estou ficando triste, angustiada..sempre fui uma pessoa alegre, adoro bagunça..agora estou perdendo a vontade de tudo!! O QUE FAÇO?? estou em pranto, pois a verdade apareceu..tanto que busquei um motivo, uma doença, síndrome, qualquer coisa..agora encontrei!! Deus te abençoe! Katry

Gabrielle Dias disse...

Estava em um relacionamento assim a quase 3 anos!!! Sempre foi perfeito, mas de um ano pra cá as coisas mudaram.. chegou a mentir na frente de todos para sair ileso, chegou a me humilhar como se fosse uma qualquer, e me comparou com uma ex, dizendo que ela tem tudo e eu nada. Até que tive a gota d'agua, quis voltar, mas recebi ofensas, e audio de outras mulheres com quem ele estava saindo e se divertindo. Mulheres, eu o amei e o amo muito, mas vamos nos amar em primeiro lugar, procure ajuda com algum amigo ou familiar, mas, nao fique em um relacionamento assim, é furada, é fria. no começo eles sao todos principe, no final, viram sapo.

Greenpink disse...

Bom dia! Vivo essa situação a mais ou menos 22 / 23 anos. Não sei se sou guerreira ou burra mesmo por vir suportando isso a tanto tempo. O texto , que por sinal, descobri muito tarde, tem tudo a ver com o que passo com a pessoa que convivo! Parece que eu estava revivendo os momentos angustiantes e cheguei a me emocionar de alegria, por finalmente, ter encontrado a resposta para o comportamento desta pessoa que me faz sofrer a tantos anos! Ele é bem assim mesmo! Gente! Ele é um misógino! Eu nem conhecia essa palavra! Uns dias , ou semanas e até meses me tratando super bem, sendo carinhoso e até de uma forma exagerada e de repente, muda completamente! Parece procurar motivos e esses insignificantes para começar a ''sessão de tortura''. Já fui agredida até fisicamente por ele. Eu chego a pensar que ele mudou, mas começa tudo de novo, do nada! E tem mais! Ele parece se incomodar com meu progresso, tenta me pôr pra baixo, e não quer que eu tenha amizade.Sempre procura me fazer acreditar que ninguém gosta de mim! É horrível! ...

GLEYZER SEHADE disse...

Vivo isso há 9 anos. Muito sofrimento para toda a familia

Anônimo disse...

Estou passando por uma situação parecida, digamos que se trata da mesma situação. É difícil e ao mesmo tempo desesperador, pois não sei o que fazer. Ele é possessivo, ciumento, acredita ter razão em tudo, não consegue se desculpar e, o pior, me agride verbalmente. A relação chegou a um ponto onde não há mais respeito. Pior que não consigo me desgarrar, me sinto ancorada a situação é peço a Deus, todos os dias,forças pra tomar uma decisão urgente!

Sentimento & Emoções disse...

Qual melhor maneira de lidar com esas pessoas?

Mari disse...

Estou vivendo exatamente isso, e como ela disse me sentindo impotente.horrível, já estou em processo de libertação

Anônimo disse...

Bom dia eu tenho 8 meses de casada e quase tudo que esta em seu texto esta acontecendo comigo ele diz que me ama mas me ofende com palavras e muitas vezes faz brincadeiras que me machuca quando digo algo que possa ameaçar me pede desculpa mas depois de um tempo ele volta a fazer tudo de novo ja nao estou mais aguentando pois eu o amo mas sinto que com essas atitudes esse amor que no começo foi tao lindo com suas conquista ja esta se acabando preciso de ajuda!!!!

Ana disse...

Parabéns, seu texto é muito esclarecedor.
Meu marido se encaixa perfeitamente nesse perfil, Já faz 19 anos que vivo com ele, tenho dois filhos e me sinto infeliz, já tentei várias vezes me separar, mas ele não aceita, sempre me ameaça e me faz sentir culpada. Não sei mais o que fazer.

Rayane Odara disse...

Me identifiquei com todos os abusos citados, com as nossas relações familiares conturbadas. Atualmente meu ex companheiro é proibido de chegar perto de mim, me vi desesperada e busquei apoio jurídico e psicológico. Hoje tento reconstruir minha vida de mulher independente, segura e feliz, só que hoje com a lição aprendida sei identificar e me prevenir de um relacionamento abusivo. Gratidão pela partilha de conhecimentos. Que mais e mais mulheres possam se libertar de misóginos.

Anônimo disse...

Olá, sofro com isso a 9 anos, tenho dois filhos com meu marido, sempre acreditei que ele iria melhorar como prometido, melhora alguns dias e volta tudo de novo, sempre tem a desculpa das humilhações, sempre estressado com alguma coisa, meu filho mais velho faz psicóloga, ele acha que ela é incompetente, ninguém é bom o suficiente pra ele, nunca segue as instruções dela, isso fere a maneira dele ser, nosso filho tem uma melhora muito lenta na escola, baixa alto estima assim como eu, é inseguro, medroso e trava sob pressão, já tentei muitas vezes fazer ele ouvir pra resolvermos mas ele sempre discute e me fala coisas horríveis e ameaças de me bater na frente das crianças, não somos uma família saudável, não conseguimos sentar a mesa e rir, ele é grosso, mal educado, nada em mim ou que vem de mim presta pra ele, aguento humilhações diariamente mas não me deito mais com ele quando sou extremamente mal tratada ao contrário do que fazia antes que ainda fazia o que ele queria, estou começando a enfrentá-lo mas ele nunca aceita o que eu falo e fica me humilhando com apelidos grosseiros, tudo que acontece de errado por mais pequeno que aeja em nossas vidas é culpa minha. Tenho medo de deixá-lo ele ameaça tirar meu filhos de mim, tenho medo dele chegar a um extremo de fazer coisas ruins conosco, acabar com nossas vidas. Não sei a que ponto pode chegar, ele vive extremos emocionais o tempo todo. Teve uma família conturada, cresceu com o pai bêbado e era violento quando falavam pra ele parar de beber, a mãe querendo deixar o pai, procurando o pai caído pelas ruas ou nas emergências de hospitais.

telma helena Navingo disse...

Eu vivo tudo isso que acabo de ler mais sei que não sou culpada só que acabo ficando por baixo porque ele sempre parecer ter razão oque faço? Pra recuperar meu auto estimada meu sorriso é melhorar a convivência entre nós...

telma helena Navingo disse...

Eu vivo tudo isso que acabo de ler mais sei que não sou culpada só que acabo ficando por baixo porque ele sempre parecer ter razão oque faço? Pra recuperar meu auto estimada meu sorriso é melhorar a convivência entre nós...

Anônimo disse...

Eu namoro e passo pela mesma situação, ele me xinga, maltrata, por muitas vezes por motivos tão idiotas, motivos tão pequenos ele briga, sempre coloca a culpa em mim, enquanto ele me xinga, peço pelo amor de Deus para ele parar, só fico pedindo paz.. ele fala que eu cutuco ele. Mas uma simples palavra já é suficiente pra deixar ele nervoso.. ele fica nervoso muito fácil, ele fica nervoso no trânsito, com os parentes./
E se tiver alguém aqui falando que talvez eu tenha feito algo pra ele ficar nervoso, aí que você se engana, pois teve um dia que ele ficou falando de uma festa e eu apenas ouvindo calada, somente isso já foi motivo pra ele maltratar.. só quem passa por isso sabe como é complicado. Sabe como a auto estima fica baixa. Preciso de ajuda..
ainda não somos casados.. não temos filhos..
ele já me xingou de coisas horríveis, como lixo, falou que sou o inferno, já me chamou filha da p*** e por aí vai../ e quem me conhece sabe que não gosto de palavroes, sabe que não sou de xingar ninguém. Apenas vivo assim.

Francyane k. G. Dauer disse...

Nossa
Nunca imaginei....
Simplesmente perfeita descrição, Eu nem ouso tentar descre-ló por que periga me criticarem e chamar de mentirosa, mas é EXATAMENTE assim.
Agora vou buscar ajuda profissional, se não ser para relação, Que seja para mim.
Obrigada.

Anônimo disse...

Quero compartilhar meu testemunho com o mundo. Meu casamento foi uma bênção até alguns meses atrás, quando minha vida quase ser sugado. Uma mulher estranha tirou o amor de meu marido de mim. Ele deixou-me e os nossos 3 filhos para esta senhora. Eu estava em choque porque eu sei que meu marido ainda me ama. Eu tentei tudo o que podia para recuperá-lo, mas quanto mais eu tentava, mais ele se afastava de mim. Todo meu esforço não produziu nada. Eu estava quase desistindo e queria pedir o divórcio. Então, eu fui para muitos rodadores de feitiço, mas todos eles não conseguiram tirar o meu dinheiro. Eu vivi em dores por 3 bons meses sem qualquer plano de sair desta bagunça. Até que eu encontrei um amigo da velha escola que me mostra ao Dr. Uzoya em druzoyaspiritualtemple@gmail.com, uma bruxa do encanto que restaure então a felicidade a minha família ea minha vida. Seu feitiço funcionava tão rápido que eu nem podia acreditar. Ele é ótimo para o máximo que posso dizer. Ainda estou grato a ele até amanhã para suas obras de feitiço. Meu marido voltou com desculpas por todos os poderes mágicos do Dr. Uzoya. Você também pode contatá-lo em seu e-mail para todos os seus relacionamentos ou problemas conjugais; druzoyaspiritualtemple@gmail.com. Obrigado a todos vocês

Anônimo disse...

Vive isso por 4 meses, percebi que era hiper maltratada e terminei.
Meu ex pede pra voltar comigo a mais de um ano depois de separados. Só Deus sabe oq passei nesses 4 meses.
Nós voltamos a alguns dias, mae eu morro de medo dele me tratar assi dnv.
Eu disse TUDO oq ele fazia e disse que nao vou passar por isso dnv!

Anônimo disse...

Infelizmente vivo isso, mas tento não me abalar mas é extremamente dificl lidar com essa situação. A emoções ficam abaladas e a auto estima lá embaixo e os sonhos de uma familia vão se apagado .
tento fazer a terceia opção só não sei até quando vou conseguir, este texo me ajudou bastane obrigado

Anônimo disse...

O que você escreveu me fez ter um insight sobre a minha conduta. A dele já suspeitava do que se tratava, já conseguia ver que estou em um relacionamento abusivo, mas agora me volto para quem sou, porque permito isso... Sim, realmente sou uma pessoa infantilizada, meu pai faleceu quando era criança e nunca tive uma boa relação com a minha mãe, nisso, vi nele a oportunidade de proteção que nunca tive, me pus no papel de filha e ele de meu pai. Tenho que aprender a ser adulta, independente, pois só assim vou me ver livre de tudo, afinal posso terminar esse relacionamento e acabar buscando outros semelhantes, num ciclo neurótico é interminável!

«Mais antigas ‹Antigas   201 – 400 de 416   Recentes› Mais recentes»
Related Posts with Thumbnails

Vídeos

Loading...