sexta-feira, 27 de março de 2009

- Meditar é Viver!



* Por Adriana Pimentel

Quem atualmente não anda apressado, “acelerado” com um número imenso de afazeres, instabilidade e preocupações. É o trabalho, são as tarefas diárias de cuidado com o lar, cuidado com os filhos, cuidado de se manter um padrão social, cuidado, cuidado...Enfim, de eternas cobranças da sociedade e de si mesmo. Toda essa correria do mundo moderno nos causa tensões, dores das mais variadas e principalmente uma sensação de que não temos tempo, de que não estamos dando conta...

A meditação é uma prática relativamente simples ela vem conquistando muita gente, principalmente nós ocidentais, utilizando como uma maravilhosa ferramenta de auxílio ao auto-conhecimento, ao equilíbrio, a paz... Que vai atuar justamente na redução do estresse e aliviando tensões e outros inúmeros benefícios.


Nesses termos afirma-se que meditar não é bom apenas para a mente – ela também melhora a saúde. É o que demonstram mais de mil estudos sobre essa prática milenar realizados em alguns dos mais expressivos centros de pesquisa científica do mundo, como o Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), a Universidade de Harvard e a Universidade da Califórnia. Eles comprovam que meditar... • Reduz o risco de infarto e derrame cerebral. • Reforça o sistema imunológico.• Reduz ainda emoções destrutivas, como medo e raiva.• Aumenta a produção de hormônios calmantes e reduz o nível de cortisol, o hormônio do estresse. • Alivia a insônia. • Melhora a percepção e a memória.

"A meditação é um processo de descoberta dos recursos interiores. Em seus níveis mais profundos, pode revelar a essência divina que cada um possui e que é fonte inesgotável de poder, força, paz e conhecimento".

“O tempo que esses efeitos levam para ocorrer varia de pessoa a pessoa e tem pouco a ver com a duração da seção. O que conta, dizem os especialistas, é a firmeza de propósito, a disciplina e a constância.´Meditar é como um exercício físico. É melhor fazer 15 minutos todos os dias do que duas horas no fim de semana´, orienta Walter Morita, professor de meditação do Centro Shambhala Brasil de Meditação e Estudos Budistas.”

Há muitas técnicas que conduzem a mente à tranqüilidade. Elas podem ser divididas em quatro grupos com diferentes focos.


• Foco em objeto, imagem ou som. Há as práticas hinduístas e budistas que utilizam como foco sons (mantras), cores ou formas geométricas. Os praticantes focalizam um ponto e fazem com que pensamentos e emoções se direcionem a ele.

• Foco no corpo. É o caso das técnicas que se concentram na respiração, nas batidas do coração ou na pulsação do corpo. Por exemplo, no zazen, do budismo japonês, os praticantes focalizam a atenção na entrada e na saída do ar. No tantrismo, prática hinduísta, se concentram nas pulsações e, no taoísmo, baseado na filosofia chinesa, no batimento cardíaco.

• Foco na reflexão. Os praticantes meditam a respeito de determinadas qualidades, como perdão, compaixão e amor incondicional.

• Foco na devoção ou na fé. O foco da meditação são divindades, o próprio Deus, orações ou textos sagrados. Exemplo: meditação cristã e bhakti-ioga.

Como começar esta prática?


Escolha um horário que não atrapalhe seu cotidiano nem sirva de desculpa para não meditar. As melhores opções são antes do nascer e do pôr-do-sol, porque nesse momento as energias são mais tranqüilas e favorecem o trabalho interior. Se não forem viáveis, escolha outra hora. O importante é manter a regularidade.


Reserve um espaço apenas para meditar, nem que seja um pequeno canto. Crie um ambiente inspirador, que o motive a retornar para meditar. Se desejar, monte um pequeno altar com imagens de divindades ou símbolos significativos, flores frescas, incenso, o que agradar. Esse é o espaço de seu encontro consigo mesmo.

Se possível, tome um banho e vista uma roupa limpa. Separe uma roupa apenas para praticar meditação. Evite o pijama porque ele sugere sono.

Faça alguns alongamentos antes de sentar-se com a coluna, a cabeça e o pescoço alinhados. Apóie as mãos sobre as coxas.


Sinta-se confortável na posição. Use uma almofada firme, que dê a sensação de estabilidade – cadeira, poltrona, o que quiser, mas evite meditar na cama. Mantenha os olhos fechados ou semi-abertos. Se sentir sono, abra-os. A meditação é para despertar, não para dormir. Preste atenção na respiração. Sinta o ar entrando e saindo pelas narinas, o trajeto dentro de você, a temperatura. Apenas observe, sem alterar o ritmo.


Quando pensamentos vierem à mente, volte a se concentrar na respiração. Você pode imaginar que, ao inspirar, a pureza entra em seu corpo e, ao expirar, as tensões são liberadas. Faça isso por 15 minutos ou até sentir que a mente se aquietou. Aumente o tempo gradualmente. Encerre com um agradecimento ou uma oração pela saúde de todos os seres humanos e da natureza. Mexa braços e pernas devagar e volte para sua rotina.


Acredito que tudo o que podemos fazer para nosso bem (e do universo) São peças chaves e fundamentais para vivermos melhor, contribuindo com um mundo melhor. Vamos lá! Experimente! Comece agora, já e VIVA MELHOR!

Namastê**.


** Significa “O Deus que habita em mim, saúda o Deus que há em você”.

sexta-feira, 20 de março de 2009

- EFT para emagrecer

Segue aqui um exemplo simplificado de como a EFT pode auxiliar na perda de peso. Leiam com atenção.

Mas vou logo avisando: a técnica em si não queima calorias. Tem que ter reeducação alimentar e exercícios. O que EFT faz é ajudar aquelas pessoas que tem tendência a comer compulsivamente, aquelas que boicotam sua dieta ou as que não gostam de fazer exercícios.

No caso, vou abordar o assunto da comida. Antes, é preciso que a pessoa descubra porque ela come exageradamente. Pode ser por causa de ansiedade, tristeza, uma forma de fugir dos problemas...


Caso seja a ansiedade, vamos aplicar uma rodada para acabar com esse sentimento:

“ Apesar dessa ansiedade, eu me aceito profunda e completamente”

Também é importante procurar saber qual é o motivo da ansiedade. Se forem mais de um motivo, então temos que ir tratando um a um. O mesmo vale para a tristeza.

Sempre que a pessoa sentir fome fora de hora, é bom aplicar uma rodada de EFT. Ou quando ela se encontrar em uma situação que a leve comer compulsivamente, ao invés de comer um bolo de chocolate é melhor aplicar uma rodada de EFT.

Em alguns casos, essa dificuldade pode ter surgido por causa de fatos ocorridos na infância. Há mães que não respeitam os limites dos filhos e os obrigam a comer. Conheci uma, há muitos anos, que até batia no filho para obriga-lo a comer. Então, para ter a aprovação da mãe e escapar dos castigos, a criança acaba tendo que comer mais do que precisa.

Quando temos dificuldade de emagrecer, é porque temos sentimentos negativos que nos atrapalham. Não adianta fazer tratamento para emagrecer sem trabalhar a verdadeira causa da dificuldade. Esses sentimentos ruins devem ser eliminados.

Texto retirado: do site Estive pensando

- Como é difícil focar no positivo (como reverter isso!)

Este texto fala a respeito da aplicabilidade da EFT para pensamentos e situações ocorridas de uma forma negativa nas nossas vidas. O Autor André Lima cita um exemplo onde pode ficar mais claro como é a utilização desta técnica. Leiam e aproveitem tal contribuição.

Uma coisa que a EFT poderá realmente nos ajudar, é a focar mais as coisas positivas. Algumas pessoas conseguem se sentir mais felizes do que a média, mesmo tendo uma vida considerada mais difícil. Outras pessoas, no entanto, apesar de terem uma vida aparentemente mais fácil, demonstram mais insatisfação com a vida do que a média das pessoas. Isso todo mundo sabe e cada um de nós conhece pessoas nas duas situações.A pessoas mais insatisfeitas tendem a focar e a pensar mais nas coisas da vida que não estão muito bem, que poderiam melhorar, ou em fatos ruins do passado que já aconteceram. Se você colocar os seus pensamentos a maior parte do tempo em coisas negativas, certamente será menos feliz do que se desse mais importância aos fatos positivos do dia a dia. Focando no negativo, deixamos de fazer coisas, evitamos experiências e aí a vida vai ficando cada vez com menos motivos para se ter alegria.
Quanto mais focamos no positivo, mais felizes ficamos, agimos melhor, e consequentemente surgem mais motivos para se ter alegria.

Falar isso é fácil, praticar é que é difícil. Tomar consciência é importante, e as vezes traz alguma mudança, outras vezes não. Quando converso com alguns clientes, muitos reconhecem exatamente isso e dizem "racionalmente eu sei que devo pensar mais nas coisas positivas, que tenho motivos pra isso, mas na prática, não consigo agir assim por mais que eu tente". Aí, eu explico que com a EFT, temos uma grande ferramenta para nos auxiliar na libertação de pensamentos e sentimentos negativos, de forma rápida e prática. Outras vezes escuto esse tipo de comentário em tom de satisfação depois das sessões: "Eu sabia que precisava mudar, tinha plena consciência disso, mas não sabia como. Parece que encontrei com a EFT o que estava faltando para me ajudar!"

O foco nas coisas negativas nos faz perder grandes oportunidades na vida. Atendi a uma médica que já havia realizado mais 5000 pequenas cirurgias. De todas essas, houve dois casos em que alguns problemas ocorreram, devido a complicações normais que são possíveis de acontecer, por mais que se tenha cuidado.

O resultado dessas duas experiências é que ela deixou de operar. Está deixando de ajudar a sociedade com o que sabe fazer de melhor, por medo. Está deixando de ganhar dinheiro com isso também, e a sua situação financeira piorou. Não está pensando no enorme bem que fez a 4.998,00 pessoas. Duas experiências negativas dentro de 5000 ou seja, 0,04% do total, a fizeram tomar uma decisão radical que ela não tomaria caso não desse tanta importância aos fatos negativos.É claro que o ideal é que se aprenda com esses fatos, para que se tenha mais cautela, diminuindo as chances de que algo negativo ocorra. Isso é isso que chamamos aprender com a experiência. No entanto, a forma que ela encontrou de anular os riscos foi deixando de praticar a cirurgias, e não era isso que ela realmente desejava. O que ela aprendeu com a experiência foi "eu devo deixar de operar".

Como então é possível tratar isso com a EFT? É só investigar os sentimentos guardados com relação aos fatos passados. Com essa cliente, identificamos que havia um sentimento de culpa ao lembrar do que havia acontecido, mesmo que racionalmente ela soubesse que fez o que deveria ter feito.

Começamos então a fazer rodadas para a culpa: "apesar de eu me sentir culpada por ter acontecido tal fato com esse paciente, eu me aceito...". Depois de algumas rodadas, o sentimento de culpa cedeu completamente. Ainda ficou um medo de que novas situações como essas se repetissem. Então fizemos outras rodadas: "apesar de ter medo de passar novamente pela mesma experiência, eu me aceito profunda ...".

Ainda não sei se ela vai voltar a fazer cirurgias, pois é preciso todo um investimento para se atualizar novamente e talvez ainda existam outras questões emocionais que a impeçam, mas pelo menos agora ela pode escolher de forma mais saudável, sem se prender as essas experiências negativas.É importante ficar claro o seguinte. Fazendo a EFT não estaremos eliminando os riscos que existem na vida, estaremos eliminando os medos. Algumas pessoas querem eliminar os riscos, e estes somente poderão ser amenizados pela experiência pessoal de cada um. É possível se sentir bem, mesmo sabendo que há riscos. Uma frase de preparação da rodada de EFT que pode ser feito para internalizar melhor isso poderia ser:

- "Apesar de haver o perigo de ocorrer tal coisa, eu escolho correr o risco" . Na frases lembrete você pode dizer apenas "eu escolho correr o risco" ou - Apesar de saber que existe um risco em se realizar tal trabalho, eu escolho me sentir em paz e seguir em frente mesmo assim". Frase lembrete: "Eu escolho me sentir em paz e seguir em frente".Normalmente eu uso esse tipo de frase depois que o medo já foi completamente eliminado, ou quando já está em um nível bem baixo.Então pense em quantas coisas que poderiam ter sido boas na sua vida você deixou de fazer por medo ou por experiências negativas passadas. As vezes, deixamos até de fazer por causa de experiências negativas de outras pessoas: "não vou abrir um negocio porque meu pai abriu e quebrou", "não vou viajar para tal lugar porque fulano foi e foi assaltado", "não quero ser advogado pois meu irmão está muito insatisfeito com essa profissão".
Pense nisso e aplique a EFT.

*Por André Lima: Terapeuta Holístico - Praticante de EFT, Reiki Máster, Terapeuta Floral

quarta-feira, 18 de março de 2009

- Inteligência Plural e os exercícios cerebrais

O cérebro humano é a máquina mais sofisticada que possuímos. Pena que não venha com manual de instrução. Sabe-se que utilizamos em média apenas de 4 a 7% de nossa capacidade cerebral e mental e, mesmo um gênio como Einstein, acredita-se que chegou a utilizar somente cerca de 10%.

O ser humano nasce com 100 bilhões de neurônios - células cerebrais – morrendo milhares por dia. Na espessa e intrincada teia destes neurônios, tudo está perfeitamente organizado, dividido, catalogado e indexado. Complicadas conexões nos permitem ver, ouvir, memorizar, vibrar e, ao contrário dos outros animais, planejar o futuro. O mais espantoso é que tudo se faz mediante um projeto meticuloso da natureza, nada se desenvolvendo ao acaso.

Na gênese, as malhas de neurônios são geradas no lugar certo e na proporção exata. Todas as informações necessárias à estruturação dos mecanismos cerebrais já estão demarcadas no "guia de montagem e instalação" oferecido pelo DNA. Logo depois do nascimento da criança, vários processos são desencadeados no desenvolvimento das funções cerebrais. Um recém-nascido apresenta cerca de um quarto da massa cerebral de um indivíduo adulto, mas já tem quase todos os neurônios dos quais se valerá pelo resto de seus dias. Isso porque os neurônios e suas conexões crescem em tamanho, expandem-se e organizam-se em grandes linhas de processamento.

Para que o cérebro desenvolva todo seu potencial, é preciso que continuamente seja estimulado, provocado, trabalhado em suas centrais de comunicação. Isto porque os neurônios só processam sensações e informações quando estão agrupados em redes (malhas de ramificação), de especialização. Assim, a amplificação da inteligência e poder mental está diretamente ligada ao número de ramificações existentes entre os neurônios. E estas redes especializadas podem ser formadas, integradas e fortalecidas por estímulos de áreas específicas do cérebro.Assim, descobriu-se que o declínio mental das pessoas com a idade não advém necessariamente da morte das células nervosas, mas principalmente da redução do número e da complexidade destas redes.


Pesquisas recentes comprovam que neurônios velhos podem desenvolver uma ampla rede de ramificações para compensar as perdas com a idade.Surgem então os exercícios cerebrais para ajudarem a estabelecer essas refinadas redes de conexões e sofisticá-las.


O QUE É INTELIGÊNCIA?


A melhor definição que conheço: é a capacidade de encontrar a melhor solução para um desafio no menor tempo possível. Isto significa flexibilidade, versatilidade, criatividade e adaptabilidade associadas à uma boa lógica ou a um sentido maior de realidade.


Entretanto, cada dia mais se amplia esse conceito. Hoje, diz-se que inteligência é plural e não singular. Não pode ser quantificada ou medida. Não importa mais quanto, mas como se é capaz. A inteligência não passa só pelo cognitivo, inclui o afetivo, o emocional, o corporal, resultando de uma combinação harmoniosa destes aspectos. Enfim, é o responder de forma adequada a todos os desafios da vida, tenha ele o contexto que tiver.


A esta inteligência plural tem-se dado o nome de Inteligência Emocional, ou seja, aquela que nos permite conviver com as emoções, frustrações e todos os relacionamentos, através de pensamentos, crenças, diálogo interno, auto-estima e auto-imagem positivas. Com uma desenvolvida capacidade de se relacionar de forma eficiente e agradável com a vida e as demais pessoas. Aquele famoso QI (Quociente de Inteligência) torna-se uma grande bobagem porque os gênios são gênios geralmente numa determinada matéria, somente.


Einstein possuía uma inteligência científica mas sabe-se que era muito deficiente na qualidade das suas relações familiares.Assim, para utilizar o cérebro de maneira mais plural e integrada existem alguns hábitos e exercícios, alguns deles muito antigos, presentes na Yoga, Tai Chi Chuan e técnicas de meditação, que irão provocar o uso cada vez mais pleno de todos os nossos centros de inteligência.


Interessante ressaltar que, embora a Ginástica Cerebral tenha ficado famosa a partir dos anos 60 pela pioneira pesquisa cerebral aplicada do Dr. Paul E. Denison - um médico indiano que realiza nos EUA um trabalho de Educação Cinestésica - ela está presente na busca evolutiva da humanidade desde os seus primeiros registros.



* Por Conceição Trucom

sábado, 7 de março de 2009

- Feliz dia Internacional da MULHER


"Mulher que pensa com o coração, age pela emoção e vence pelo amor.
Que vive milhões de emoções num só dia e transmite cada uma delas, num único olhar.
Que cobra de si a perfeição e vive arrumando desculpas para erros daqueles a quem ama.
Que hospeda no ventre outras almas, dá à luz e fica cega diante da beleza dos filhos.
Que ensina a voar, mas não quer ver partir os pássaros, mesmo sabendo que não lhe pertencem.
Que, como feiticeira, transforma em sorriso as dores que sente só pra ninguém olhar.
E ainda, tem que ser forte, pra dar os ombros para quem neles precise chorar.

Feliz do homem que por um dia souber entender a

ALMA DE UMA MULHER!"

(Autor desconhecido)



Parabéns à nós mulheres pela força, garra, vibração, felicidade e amor que empregamos em tudo nas nossas vidas.

Um enorme abraço pelos nossos eternos dias das mulheres!!!!

*Por: Adriana Pimentel



sexta-feira, 6 de março de 2009

- A consciência de ser um só


* Por Adriana Pimentel



A consciência de ser um só na face da terra, de sermos o outro e do nos colocarmos no lugar do outro.

Essa talvez seja uma condição difícil e até interrogativa, como? Que loucura? Isso é impossível, o outro não faria isso por mim.

Sim, somos únicos, nossas atitudes são únicas, mas com certeza fazem toda a diferença. Automaticamente tudo o que fazemos interfere no outro e conseqüentemente no mundo, em TUDO, em TUDO o que está ao nosso redor.



Quando a humanidade tiver consciência e humildade disso, acredito que muita coisa mudará. Perceber que somos apenas um, e com isso aumentarmos nossos sentimentos de compaixão, doação, perdão e amor simultâneos.


Acredito que podemos iniciar os nossos dias com pensamentos diferentes. Se sou um só, se o outro que está ao meu lado é parte de mim, ou seja sou eu, posso ser e ter mais paciência, ouvir mais, ser mais atencioso. Dar carinho, amor, pois ISSO É O QUE EU GOSTARIA DE RECEBER.


Isso mesmo se é o que você quer receber DOE em primeiro lugar, desta forma você receberá também tudo que você encaminhar ao universo. Pense nisso! Lembre-se daquele velho e conhecido ditado: “ eu colho o que planto”. Lembre-se sempre disso tudo: o que você dispende de energia, de alguma forma, através de alguém ou algum fato, volta para você.


Te desejo paz, luz, discernimento e amor!!


Namastê*



* Namastê significa: “O Deus que há em mim, saúda o Deus que há em você”

Related Posts with Thumbnails

Vídeos

Loading...